sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Líder do Daesh está gravemente ferido e não morto

Um dos líderes militares do Daesh, conhecido como Omar, o Checheno, está "gravemente ferido", e não morto, como os EUA chegaram a admitir, informou hoje o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

Uncredited

Esta organização não-governamental, que dispõe de uma rede ampla de fontes na Síria, afirma que baseia esta informação em fontes internas àquele grupo na província de Raqa, que tem sido o bastião deste, situada no norte do país.

Na terça-feira, um dirigente dos EUA, sob anonimato, afirmou que aquele combatente "provavelmente foi morto, juntamente com outros 12 combatentes" do grupo, num bombardeamento norte-americano, realizado em 4 de março, no nordeste da Síria.

Porém, as fontes do OSDH garantem que "a coluna (de veículos) de Omar foi de facto atingida pelos aviões da coligação dirigida pelos EUA, os seus guarda-costas morreram, mas ele ficou gravemente ferido, não morto", disse o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahmane, à agência noticiosa France Press.

Omar "foi transportado da província de Hassaké (no nordeste) para um hospital na província de Raqa, onde recebeu cuidados de um médico do grupo (Estado Islâmico), de origem europeia", avançou Abdel Rahmane, especificando que o clínico é um "flebologista" (cirurgião vascular).

O porta-voz do Pentágono, Peter Cook, confirmou que um ataque tinha sido lançado contra Omar, mas recusou-se a avançar qualquer informação sobre a sua situação.

Conhecido pela sua espessa barba ruiva, Omar, que de facto se chama Tarkhan Tayumurazovich Batirashvili, é um checheno da Geórgia, avançou Cook.

Este "experimentado chefe de guerra" tem ocupado "várias posições de responsabilidade na direção da organização militar do grupo Estado Islâmico, entre as quais o Ministério da Guerra", detalhou.

O governo dos EUA estava a oferecer cinco milhões de dólares (4,5 milhões de euros) por informações fidedignas que pudessem conduzir até ele.

Lusa

  • Inglaterra estreia-se com vitória suada frente à Tunísia

    Mundial 2018 / Tunísia

    A seleção inglesa estreou-se no Mundial 2018 com um triunfo sobre a Tunísia por 2-1, com o golo da vitória a ser apontado já para lá do minuto 90. O jogo foi referente à 1.ª jornada do grupo G. Veja aqui os golos e os lances que marcaram o encontro.

  • O melhor golo do 5.º dia de Mundial

    Desporto

    Numa escolha feita pelos jornalistas de desporto e do site da SIC Notícias, mostramos-lhe o melhor golo deste quinto dia de Mundial. Foi apontado por Dries Mertens, na vitória da Bélgica sobre o Panamá por 3-0.

  • Repitam comigo: Portugal vai ser campeão do Mundo
    4:56
  • "Estamos a plantar fósforos"
    2:09

    Opinião

    O calor regressou esta segunda-feira em força e no terreno estiveram quase 1300 bombeiros a combater 70 fogos por todo o país. Depois da tragédia de Pedrógão Grande, o Presidente da República diz que a consciência do país mudou mas é preciso fazer mais. Já Miguel Sousa Tavares diz que o país está mais preparado para combater os incêndios do que alguma vez esteve. No entanto, o comentador da SIC diz que já foram plantados mais de "2500 hectares de eucaliptos" desde Pedrógão e que enquanto isso acontecer Portugal vai continuar a arder. 

    Miguel Sousa Tavares

  • Merkel tem duas semanas para negociar solução para crise migratória

    Mundo

    A chanceler alemã tem duas semanas para negociar com os parceiros europeus uma solução para a questão migratória e assim evitar uma crise política. O ultimato foi dado pelo CSU, o partido da Baviera que integra a coligação governamental. Ao contrário de Angela Merkel, defende uma política para os refugiados mais estrita.