sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh retira-se da cidade iraquiana de Rutbah

Os "jihadistas" do grupo extremista Daesh retiraram-se hoje de Rutbah, uma cidade na província de Al-Anbar, no oeste do Iraque, informaram hoje o líder político da localidade e um general do exército.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Stringer . / Reuters

"O Estado Islâmico retirou-se de Rutbah, seguindo em direção a Al-Qaim", adiantou à France Presse um general do exército, referindo-se ao reduto 'jihadista' na fronteira com a Síria, no norte da província de Al-Anbar.

Segundo fonte do exército que falou à France Presse sob anonimato, os homens do Daesh começaram a sair daquela localidade na noite de sábado e completaram a sua retirada hoje pela manhã.

O líder político, Imad Ahmed, confirmou que a cidade, a 390 quilómetros de Bagdade, foi libertada: "Os 'jihadistas' [do grupo] Estado Islâmico retiraram-se. Não há nenhum homem armado aqui".

Segundo o responsável, esta retirada é "uma consequência" das derrotas do grupo na província de Al-Anbar, que se materializou com a perda de Ramadi, capital da província, assegurada pelas forças pró-governamentais em dezembro de 2015.

Com Lusa

  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Pescador resgatado de um lago gelado na Estónia
    1:08
  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.