sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Jornalista alemão publica "A minha viagem ao coração do terror: 10 dias no Daesh"

Jürgen Todenhöfer foi o primeiro homem do ocidente a ter autorização para "visitar" o Daesh. O jornalista passou dez dias em território controlado pelo Daesh e teve oportunidade de conhecer o dia-a-dia dos jihadistas. A experiência foi documentada e publicada no livro "A minha viagem ao coração do terror: 10 dias no Daesh".

O jornalista a falar com um jihadista egípcio

O jornalista a falar com um jihadista egípcio

JÜRGEN TODENHÖFER

Um dos mais jovens jihadistas que o jornalista encontrou na sua visita

Um dos mais jovens jihadistas que o jornalista encontrou na sua visita

JÜRGEN TODENHÖFER

Garantia de segurança da viagem de Jürgen Todenhöfer

Garantia de segurança da viagem de Jürgen Todenhöfer

JÜRGEN TODENHÖFER

Entrevista do jornalista a um prisioneiro curdo do Daesh

Entrevista do jornalista a um prisioneiro curdo do Daesh

JÜRGEN TODENHÖFER

O Daesh tem as suas próprias matrículas

O Daesh tem as suas próprias matrículas

JÜRGEN TODENHÖFER

Jürgen Todenhöfer no mercado em Mossul, rodeado de civis

Jürgen Todenhöfer no mercado em Mossul, rodeado de civis

JÜRGEN TODENHÖFER

A viagem ocorreu em 2014 e, quando regressou à Alemanha, veio com um aviso: o Daesh era muito mais forte e perigoso do que aquilo que o ocidente podia pensar.

O jornalista alemão, de 74 anos, conseguiu viajar até Mossul, a maior cidade ocupada pelo Daesh, depois de meses de negociações com os líderes do grupo terrorista. Todenhöfer testemunhou o dia-a-dia dos jihadistas, os seus equipamentos e as condições em que viviam.

Em 2014, o jornalista avisou o mundo ocidental que estava a subestimar a ameaça do Daesh. Confirmou que os jihadistas eram mais inteligentes e perigosos do que aquilo que se pensava. Todenhöfer testemunhou o grande fluxo de novos combatentes que chegavam diariamente e concluiu que o Daesh não queria apenas conquistar o mundo, mas sim conseguir a maior limpeza religiosa alguma vez vista.

Garantiram-lhe que todos aqueles que não estavam convertidos ao Islão iriam morrer.

A experiência do jornalista alemão foi documentada e publicada no livro "A minha viagem ao coração do terror: 10 dias no Daesh".

Liebe Freunde, demnächst könnt Ihr unsere Doku über unsere Reise in den IS sehen. Für alle, die mein Buch schon gelesen haben, wird das nochmal sehr spannend. Alle anderen werden schockiert sein. Auch ich kann vieles, was ich dort erlebt habe, noch immer kaum fassen. Euer JT

Posted by Jürgen Todenhöfer on Sunday, 10 May 2015
  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Votações sobre o mapa judiciário geram tensão no Parlamento
    2:01

    País

    O momento das votações no Parlamento ficou marcado por alguma tensão. Depois de aprovadas, em comissão, as alterações ao mapa judiciário, o PSD opôs-se a que o diploma fosse votado em plenário, uma vez que não fazia parte da versão inicial do guião de votações. A esquerda acusou os sociais-democratas de terem motivações estritamente políticas e não regimentais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.