sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Ataques aéreos em território controlado pelo Daesh matam 13 civis

Treze civis morreram devido a ataques aéreos em Raqa, bastião do Daesh na Síria, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, que não precisou se foram realizados por aviões russos ou da coligação liderada pelos Estados Unidos.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Khalil Ashawi / Reuters

Os aparelhos realizaram "mais de 35 ataques na cidade de Raqa", indicou o Observatório. Segundo o diretor, Rami Abdel Rahmane, "Raqa não era alvo de 'raids' aéreos desta intensidade há várias semanas".

"Estes ataques decorreram durante toda a noite até de manhã" na cidade do norte da Síria, acrescentou.

Os 'raids' atingiram várias zonas, incluindo "o jardim Al-Rachid, a rua Mansour, o estádio municipal", e causaram "mais de 13 mortos civis e dezenas de feridos", além de "cinco membros do Daesh".

Com Lusa

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.