sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh pode produzir próprias armas químicas

O diretor-geral da Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAQ) assegurou esta terça-feira existirem indícios "extremamente preocupantes" de que o Daesh tem condições para produzir armas químicas na Síria e no Iraque.

(Arquivo)

(Arquivo)

"É possível que as tenham produzido eles mesmos, o que é extremamente preocupante. Isso quer dizer que têm a tecnologia, os conhecimentos e o acesso às substâncias que podem ser utilizadas na produção de armas químicas", afirmou Ahmet Üzümcü, citado pela agência de notícias francesa AFP.

Em fevereiro, o diretor da CIA (serviços secretos federais norte-americanos), John Brennan, declarou ao canal televisivo CBS News que os combatentes do Daesh tinham capacidade para fabricar pequenas quantidades de cloro e gás mostarda.

A coligação internacional que combate o Daesh realizou, no início de março, bombardeamentos contra instalações do grupo, reduzindo "a capacidade do EI para produzir armas químicas", segundo o porta-voz do Pentágono Peter Cook.

As equipas de investigadores da OPAQ tinham encontrado provas de que havia sido utilizado gás mostarda em agosto no Iraque e na Síria, nomeadamente em Marea, na província de Alepo.

Desde há vários meses que a OPAQ vem dando conta sem se pronunciar sobre os responsáveis do recurso recorrente ao gás sarin, ao gás mostarda e ao cloro nos combates que há cinco anos destroem a Síria e já fizeram mais de 260.000 mortos.

"Há fortes suspeitas de que os jihadistas terão usado" armas químicas, sublinhou Ahmet Üzümcü, embora recusando-se a mencionar ataques específicos.

A 9 de março, um ataque químico à cidade de Taza, no norte do Iraque, imputado aos jihadistas do autoproclamado Estado Islâmico, matou três crianças e provocou ferimentos em 1500 pessoas.

No início de abril, a Rússia e a China propuseram ao Conselho de Segurança uma resolução destinada a impedir a aquisição de armas químicas por grupos extremistas nos países vizinhos da Síria, como o Iraque e a Turquia.

Lusa

  • Costa preparado para falar da renegociação da dívida no plano europeu
    2:24

    Economia

    O primeiro-ministro não quer quebrar com as regras impostas pela UE e não vai dar o primeiro passo na renegociação da dívida, mas estará na linha da frente quando Bruxelas ceder. Em entrevista à RTP, António Costa garante que o Governo cumpriu tudo aquilo que acordou com o presidente demissionário da Caixa Geral de Depósitos, António Domingues.

  • Benfica persegue oitavos da Liga dos Campeões

    Desporto

    O Benfica tenta hoje a qualificar-se para os oitavos de final da Liga dos Campeões de futebol, procurando uma vitória na receção ao Nápoles que lhe permita vencer o Grupo H e manter-se a salvo do perseguidor Besiktas.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.

  • Nova Deli é "altamente tóxica" para os cidadãos

    Mundo

    Nova Deli foi considerada altamente tóxica para os cidadãos. A capital da Índia é considerada há mais de três anos a cidade mais poluída do mundo, mas só este ano se concluiu que é tão tóxica que é capaz de provocar doenças crónicas a quem lá vive.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.