sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Ataques do Daesh fazem quase 100 mortos no Iraque

O Daesh já reivindicou a responsabilidade pelos três ataques à bomba no Iraque que fizeram quase uma centena de mortos.

Uma jornalista corre com um rebelde para evitar os snipers do Daesh, em Alepo na Síria. (outubro de 2014)

Uma jornalista corre com um rebelde para evitar os snipers do Daesh, em Alepo na Síria. (outubro de 2014)

© Jalal Al-mamo / Reuters

Os ataques foram separados, em pontos distintos de Bagdade. Durante a tarde, com dois carros armadilhados, os jiahdistas atingiram dois bairros um de maioria xiita na zona norte e outro sunita na parte ocidental da cidade.

De manhã, no mais mortífero dos ataques do dia, um mercado do conhecido bairro xiita de Sadr City foi o alvo escolhido. O ataque fez mais de 85 mortos e dezenas de feridos e destruiu carros, prédios e bancas do mercado.

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.