sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Ataques do Daesh fazem quase 100 mortos no Iraque

O Daesh já reivindicou a responsabilidade pelos três ataques à bomba no Iraque que fizeram quase uma centena de mortos.

Uma jornalista corre com um rebelde para evitar os snipers do Daesh, em Alepo na Síria. (outubro de 2014)

Uma jornalista corre com um rebelde para evitar os snipers do Daesh, em Alepo na Síria. (outubro de 2014)

© Jalal Al-mamo / Reuters

Os ataques foram separados, em pontos distintos de Bagdade. Durante a tarde, com dois carros armadilhados, os jiahdistas atingiram dois bairros um de maioria xiita na zona norte e outro sunita na parte ocidental da cidade.

De manhã, no mais mortífero dos ataques do dia, um mercado do conhecido bairro xiita de Sadr City foi o alvo escolhido. O ataque fez mais de 85 mortos e dezenas de feridos e destruiu carros, prédios e bancas do mercado.

  • Incêndios em Portugal - um mês depois
    9:10

    Reportagem Especial

    Regressar a casa para refazer a vida é tudo o que querem as famílias a quem o fogo levou quase tudo, há cerca de um mês. Contudo, esse regresso não tem sido fácil. Depois dos incêndios, famílias e empresas ainda têm de vencer as burocracias. A Reportagem Especial deste sábado regressa a Seia, onde arderam mais de 70 casas de primeira habitação e onde a vida de muitos parece ter entrado num impasse.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.