sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Ataque do Daesh a associação de adeptos do Real Madrid no Iraque faz 16 mortos

O Daesh reivindicou um ataque perpetrado na quinta-feira à noite contra uma associação de adeptos do Real Madrid no Iraque, que matou 16 pessoas e feriu 20, noticiou a agência espanhola Europa Press.

O ataque visou um café que é sede do grupo de adeptos do clube de futebol espanhol em Balad, uma localidade de maioria xiita situada a norte de Bagdad, e foi perpetrado por "cinco ou seis" homens armados com metralhadoras, segundo fontes policiais e médicas iraquianas pela agência.

Os atacantes conseguiram fugir do local, mas foram intercetados por milicianos xiitas e agentes da polícia que dispararam sobre eles. Um dos atacantes fez então explodir um colete de explosivos e os restantes escaparam, segundo fontes policiais.

O Daesh reivindicou o ataque através de um comunicado publicado na internet.

"Consternado pelo ataque a uma associação do Real Madrid no Iraque. O terrorismo ataca o futebol. Estamos com as vítimas e as suas famílias", escreveu o presidente da liga espanhola, Javier Tebas, na sua conta oficial na rede social Twitter.

Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".