sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh já perdeu 45% do território no Iraque e 20% na Síria

O Pentágono garantiu hoje que o grupo que se designa por Estado Islâmico já perdeu 45% do território que controlava no Iraque desde o início da ofensiva norte-americana e 20% na Síria.

(arquivo)

(arquivo)

O porta-voz do Pentágono, Peter Cook, fez hoje, em conferência de imprensa, uma atualização da informação sobre o terreno controlado pelo grupo e assegurou que este "no Iraque perdeu 45% do território que controlava e na Síria está entre 16% e 20%".

Segundo Washington, o grupo está em retirada, apesar de se manter nos seus bastiões sírio de Raqa e iraquiano de Mossul e combater em várias frentes na Síria e no Iraque, ao mesmo tempo que consolidou a sua presença no caos líbio, no Norte de África.

Por outro lado, Cook assegurou que não tem informações sobre o reposicionamento de tropas iraquianas, mudadas da frente da batalha contra o grupo para reforçar a segurança de Bagdade, depois de vários atentados, que provocaram mais de cem vítimas mortais nos últimos dias.

"Não estamos ao corrente de que forças iraquianas tenham sido transferidas para Bagdade de uma maneira que ponha em causa a operação" contra aquele grupo, disse Cook.

Os EUA anunciaram o envio de mais quatro mil militares para o Iraque, para assistir e assessorar as tropas iraquianas e curdas na luta contra o grupo, que ainda controla zonas da província sunita de Al Anbar e do vale do Eufrates.

Lusa

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Proteção Civil aponta falhas do SIRESP, operadora diz que esteve à altura do fogo
    4:22
  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.