sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Londres alerta para possíveis represálias do Daesh na Europa

O ministro da Defesa britânico, Michael Fallon, alertou hoje para possíveis represálias do Daesh no Reino Unido e no resto da Europa à medida que o grupo extremista "vai perdendo terreno" no Iraque e na Síria.

(Arquivo)

(Arquivo)

STR

Fallon, que esteve hoje na Câmara dos Comuns para informar os deputados sobre as operações do exército britânico na região, referiu que o Reino Unido participou em 43 bombardeamentos contra o Daesh na Síria desde que o parlamento aprovou a campanha em dezembro passado e em 760 ataques aéreos no Iraque desde setembro de 2014.

"À medida que o Daesh (acrónimo árabe de Estado Islâmico) se sente cada vez mais pressionado no Iraque e na Síria, poderemos ver contragolpes como parte do plano externo do Daesh contra objetivos europeus ou britânicos", disse Fallon.

O ministro afirmou que a contribuição do Reino Unido para a missão militar contra o Daesh é "maior que a de qualquer outra nação, com exceção dos Estados Unidos".

A Força Aérea britânica tem concentrado esforços nos últimos meses no ataque aos campos petrolíferos do leste da Síria, que os 'jihadistas' utilizam para financiar as suas operações. O exército britânico também tem como objetivos as "infraestruturas de comunicações, comando e controlo" do Daesh.

"Os bombardeamentos da coligação destruíram petróleo do Daesh avaliado em 800 milhões de dólares (720 milhões de euros)", disse Fallon, adiantando que cortar "a cabeça da serpente" em Raqqa e Mosul, bastiões do EI na Síria e no Iraque, respetivamente, exigiria um esforço militar muito grande por parte de "tropas locais no terreno".

"O Daesh está a perder terreno, inclusive na Síria, e já foi expulso de Al-Shaddadi, uma importante rota de abastecimento entre Mosul e Raqqa", sustentou Fallon.

Com Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.