sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Sete milhões de pessoas vivem em zonas controladas pelo Daesh

Sete milhões de pessoas vivem atualmente em regiões controladas pelo grupo extremista Daesh (autoproclamado Estado Islâmico) e na cidade iraquiana de Fallujah "não há forma de chegar a cerca de 55.000 civis", alertou hoje uma organização não-governamental norueguesa.

© Stringer . / Reuters

Jan Egeland, ex-secretário-geral adjunto da ONU e atual diretor da ONG Norwegian Refugees Council (NRC), afirmou durante a cimeira humanitária mundial a decorrer em Istambul que a situação dos refugiados é dramática, mas que é "ainda mais preocupante" o destino daqueles a que as organizações de ajuda humanitária não têm acesso.

"Neste preciso momento há 55.000 civis apanhados no fogo cruzado na cidade iraquiana de Fallujah, controlada pelo Daesh, que combate as forças iraquianas, e não há forma de aceder a elas", disse Egeland, responsável por uma das maiores ONG mundiais dedicadas aos refugiados.

No total, disse, há sete milhões de pessoas a viver em regiões controladas pelo grupo e é "muito, muito difícil" negociar com a milícia 'jihadista' a abertura de vias humanitárias.

Várias organizações denunciaram na cimeira de Istambul as frequentes violações das leis humanitárias e da Convenção de Genebra, como os bombardeamentos a hospitais ou a ocupação de escolas.

"Não é preciso ser um cientista para apurar que aviões bombardearam um hospital", disse Egeland. "Difundiu-se uma ideia de que 'o médico do meu inimigo é meu inimigo'. Não! O médico do meu inimigo está a fazer o seu trabalho", frisou.

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.