sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Desmantelada célula jihadista no sul de Ceuta e em Casablanca

A polícia marroquina desarticulou hoje uma nova célula jihadista constituída por seis membros ativos em Casablanca e em Tetuán e Martil, no sul da cidade espanhola de Ceuta.

O documento, intitulado "Clarificação do hudud" (um conjunto de castigos estabelecidos), foi publicado pelo grupo como uma advertência para aqueles que vivem sob o seu jugo na Síria e no Iraque, de acordo com uma tradução feita pelo Instituto de Investigação dos Media do Médio Oriente (MEMRI), citada pelo diário britânico The Independent na sua edição de hoje. (Arquivo)

O documento, intitulado "Clarificação do hudud" (um conjunto de castigos estabelecidos), foi publicado pelo grupo como uma advertência para aqueles que vivem sob o seu jugo na Síria e no Iraque, de acordo com uma tradução feita pelo Instituto de Investigação dos Media do Médio Oriente (MEMRI), citada pelo diário britânico The Independent na sua edição de hoje. (Arquivo)

© Stringer . / Reuters

Segundo um comunicado do Ministério do Interior de Marrocos, os seis elementos da célula mantêm "estreitas ligações" com os combatentes dos diferentes ramos do Daesh.

Os membros da célula desmantelada estavam a planear viajar até um dos acampamentos controlados pelo Daesh "para receber treino militar antes de voltar a Marrocos e perpetrar atentados terroristas", acrescenta a nota citada pela agência de notícias espanhola, Efe.

O desmantelamento de células terroristas e os posteriores julgamentos dos seus membros são agora quase semanais, e o Departamento Central de Investigações Judiciais (organismo antiterrorista) contabilizou mais de 1.500 marroquinos que integraram o Daesh, excetuando os que se juntaram a outros grupos jihadistas.

Com Lusa

  • "A nossa lei tem demasiados buracos"
    0:44

    País

    Rui Cardoso acusa a classe política de não querer resolver os problemas da corrupção em Portugal. Entrevistado na Edição da Noite da SIC Notícias o magistrado do Ministério Público considera que ainda há um longo caminho a percorrer no combate à corrupção.

  • Salah Abdeslam deixa cadeira vazia na leitura da sua sentença
    2:05

    Mundo

    O único suspeito vivo dos ataques de Paris em 2015 foi esta segunda-feira condenado a 20 anos de prisão por um tribunal belga, num processo paralelo: um tiroteio em março de 2016, em Bruxelas. Tanto Salah Abdeslam como o cúmplice não quiseram estar na leitura da sentença. O julgamento de Salah Abdeslam pelos ataques de Paris só deverá acontecer no próximo ano, em França.

  • Beyoncé e a irmã caem e o vídeo torna-se viral

    Cultura

    Beyoncé voltou este fim de semana a subir ao palco do Coachella, depois de ter atuado na primeira semana do festival que decorreu no deserto da Califórnia, nos EUA. A cantora norte-americana voltou a brilhar, mas foi o momento em que caiu no palco com a irmã, Solange, que acabou por se tornar viral.

    SIC

  • Cientistas querem sequenciar genomas de 15 milhões de espécies

    Mundo

    Um consórcio internacional de cientistas, que por enquanto não inclui portugueses, propõe-se sequenciar, catalogar e analisar os genomas (conjuntos de informação genética) de 15 milhões de espécies, uma tarefa que levará dez anos a fazer, foi divulgado esta segunda-feira.