sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh foi a "maior ameaça" terrorista no mundo em 2015

O grupo extremista Daesh representou em 2015 a "maior ameaça" terrorista no mundo, segundo um relatório divulgado hoje pelo governo dos EUA, que também acusa o Irão e a Síria de reforçarem os seus vínculos terroristas.

(Arquivo)

(Arquivo)

STR

"A capacidade e o controlo territorial do EI no Iraque e na Síria chegaram ao seu ponto mais elevado na primavera de 2015, mas começaram a ruir na segunda metade desse ano", precisou o governo norte-americano no documento.

Em 2015, o Daesh atacou a França, Líbano e a Turquia, atos que "demonstram a capacidade da organização para organizar planos letais para além do Iraque e da Síria", assim como as debilidades dos sistemas de segurança fronteiriça internacional.

Os EUA destacaram ainda neste documento que o grupo extremista Daesh, a rede Al Qaeda e filiais de ambos os grupos estão focados em ataques em massa, como os ataques a cadeias hoteleiras no Burkina Faso, Mali e Tunísia, e o bombardeamento de um avião de passageiros russos no Egito com 224 pessoas a bordo.

"Estes planos foram concebidos para minar a segurança económica, prejudicar economias frágeis, diminuir a confiança no governo e abrir mais fendas religiosas e partidárias", referiu o documento do Departamento de Estado.

O grupo Daesh, em 2015, serviu também de inspiração para ataques de indivíduos ou pequenos grupos radicalizados em várias cidades do mundo, como em San Bernardino, na Califórnia, onde os alegados simpatizantes dos grupos causaram em dezembro 14 mortos ao atacar uma festa natalícia.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.