sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Pentágono garante que EUA e Rússia não estão a coordenar-se no combate ao Daesh

Os Estados Unidos e a Rússia não estão a coordenar-se militarmente no norte da Síria, mesmo quando as forças que apoiam começam a atuar em proximidade à medida que ganham terreno ao grupo extremista Daesh.

(Arquivo)

(Arquivo)

STR

Esta falta de coordenação foi referida hoje por um assessor de imprensa do Pentágono, Peter Cook.

As forças do regime sírio, apoiadas por aviões russos, e a aliança liderada pelos curdos e apoiada pelos Estados Unidos estão a fazer ofensivas separadas contra o Daesh numa vasta área a oeste de Raqa, a capital de facto do grupo extremista.

"Coordenação direta de atividades no terreno não está a acontecer", disse Cook.

Dirigentes militares norte-americanos e russos falam regularmente para garantir que os seus aviões não correm riscos de se atingir mutuamente sobre a Síria, mas apenas ao nível das comunicações no país em guerra, acrescentou Cook.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, os combatentes governamentais apoiados pelos russos estão a 24 quilómetros do Lago Assad, uma importante reserva de água no vale do Eufrates, contida pela barragem de Tabqa, situada 50 quilómetros a oeste de Raqa.

Ao mesmo tempo, membros da aliança, liderada pelos curdos, designada Forças Democráticas Sírias estão a 60 quilómetros a norte de Raqa, se bem que o seu foco imediato é outra cidade, designada Manbij, que é vista como um importante ponto de trânsito para os combatentes do Daesh.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51