sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Forças iraquianas libertaram cidade de Fallujah

As forças iraquianas libertaram totalmente Fallujah, uma cidade do oeste do Iraque nas mãos do Daesh do grupo Estado Islâmico (EI) desde janeiro de 2014, foi hoje anunciado.

© Thaier Al-Sudani / Reuters

"Hoje, o comandante das operações em Fallujah, o general Abdelwahab al-Saadi, anuncia que a cidade foi libertada depois das forças de elite antiterrorismo assumiram o controlo do bairro Al-Jolan", indicou um porta-voz das forças iraquianas, Sabah al-Noman.

"Não demorou mais de duas horas reconquistar. O EI não disparou uma única bala", afirmou Noman.

As forças de segurança iraquianas lançaram uma ofensiva em 23 de maio para reconquistar um dos mais emblemáticos bastiões do EI, localizado a apenas 50 quilómetros a oeste de Bagdad.

Dezenas de milhares de habitantes da cidade fugiram desde o início da ofensiva e o regresso, uma vez libertada a cidade, arrisca-se a tornar-se complicada devido à presença em massa de engenhos explosivos.

Um responsável militar afirmou no sábado que as forças iraquianas tinham controlado 20.000 pessoas antes de fugirem dos combates para desmascarar eventuais envolvidos do Daesh que podiam ter tentado misturar-se com refugiados.

Com Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".