sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh mata 20 reféns em ataque a restaurante no Bangladesh

O ataque reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico causou a morte de 20 cidadãos estrangeiros, depois de terem estado reféns durante a noite num restaurante do Bangladesh e terem sido agredidos até à morte, segundo um porta-voz do exército local.

© Reuters TV / Reuters

"Os 20 reféns que foram encontrados mortos são estrangeiros", disse Shahab Uddin, um dos porta-vozes militares.

"A maior parte são italianos ou japoneses", acrescentou, sem dar mais informações.

"Recuperámos 20 corpos. A maioria foi brutalmente agredida até a morte com armas afiadas" acrescentou o porta-voz militar Ashfaq Nayeem Chowdhury.

A ofensiva lançada hoje naquele restaurante da capital, resultou ainda na morte de seis atacantes e no resgate de 13 reféns.

Com Lusa

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.