sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh confirma morte de um dos seus principais líderes

O grupo extremista Daesh confirmou hoje a morte de Omar, o Checheno, um dos seus principais líderes, segundo a agência Amaq, ligada àquela organização radical.

(Arquivo)

(Arquivo)

Citando uma "fonte militar", a Amaq noticiou que Omar foi morto na "cidade de Chargat quando participava numa batalha na cidade de Mossul", o bastião do grupo extremista no norte do Iraque.

Conhecido pela barba vermelha, "Omar, o checheno" tinha como verdadeiro nome Tarkhan Tayumurazovich Batirashvili.

Era conhecido pela sua crueldade e foi uma dos principais especialistas militares do grupo extremista.

Os Estados Unidos tinham confirmado a sua morte em março durante um bombardeamento da coligação internacional, mas, na altura, o Observatório dos Direitos Humanos Sírio disse que Omar estava "clinicamente morto" com suporte artificial de vida.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.