sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh captura 12 pessoas por posse de parabólicas proibidas

​O grupo radical Daesh capturou 12 pessoas na Síria, por estas não respeitaram a proibição de usar antenas parabólicas no seu autoproclamado califado, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

(arquivo)

(arquivo)

A captura ocorreu através de uma campanha que tem por base procurar e registar casas de infratores, considerados todos aqueles que não cumprem a proibição imposta.

O OSDH anunciou que os membros do corpo de segurança dos radicais irromperam em várias casas da periferia da cidade de Al Raga, núcleo defensor do autoproclamado Estado Islâmico na Síria, para procurar pessoas que não entregaram à organização as suas parabólicas, bem como recetores de emissões de televisão por satélite.

As 12 pessoas capturadas foram levadas para uma zona de localização deconhecida, disse hoje o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

No princípio de junho, o Estado Islâmico intensificou a sua campanha para proibir o uso das antenas parabólicas nos territórios sobre o seu controlo, na Síria e no Iraque, porque acredita em "semear rumores e alienar os muçulmanos da sua religião".

Como alternativa, os jihadistas ofereceram aos habitantes nos seus domínios territoriais informação através de "meios islâmicos", estes proporcionados pelo próprio grupo radical.

Estes meios incluem a radio Al Bayan, que emite em vários idiomas, o semanário Al Nabaa e a revista mensal Dabiq, bem como outros produtos audiovisuais que o grupo produz e distribui.

Daesh declarou, em finais de junho de 2014, um califado na Síria e no Iraque, onde conquistou as zonas do norte e centro de ambos os países.

Com Lusa

  • Passos explica porque se sentiu irritado com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o Presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas de que foi alvo.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.