sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Cerca de 740 homens e rapazes desaparecidos após "reconquista" de Fallujah

Cerca de 740 homens e rapazes estão desaparecidos no Iraque após serem detidos pelas milícias que participaram nos combates com o exército iraquiano para retomar Fallujah aos 'jihadistas' do Daesh, referiu hoje um enviado da ONU.

© Thaier Al-Sudani / Reuters

A missão das Nações Unidas no Iraque recebeu informações credíveis que indicam torturas, execuções e sequestros efetuados pelas milícias e forças de segurança iraquianas no decurso da ofensiva militar para retomar este antigo bastião do EI, referi o enviado especial Jan Kubis perante o Conselho de Segurança.

A "libertação total" desta cidade foi proclamada no final de junho pelas forças iraquianas.

Os responsáveis da ONU determinaram que 95 homens estão em destino desconhecido após terem sido detidos em 25 de maio pelas milícias que combatem integradas nas Unidades paramilitares xiitas da mobilização popular (Hachd al-Chaabi), segundo Jan Kubis.

O enviado especial acrescentou que 643 homens, adolescentes e crianças são ainda considerados desaparecidos após terem sido detidos em 05 de junho por grupos filiados nas mesmas unidades paramilitares quando deixavam a povoação de Saqlawiya, situada cerca de dez quilómetros a noroeste de Fallujah.

As autoridades iraquianas devem promover "ações rápidas para localizar estes homens e rapazes desaparecidos", considerou, e assegurarem que os responsáveis destes atos compareçam perante a justiça.

O primeiro-ministro iraquiano Haider al-Abadi anunciou em junho a criação de uma comissão destinada a investigar presumíveis violações dos direitos fundamentais a ações criminosas que teriam sido cometidas em Fallujah.

Jan Kubis sublinhou ainda que "as lições de Fallujah" devem prevalecer, num momento em que se prepara a ofensiva para retomar Mossul, a segunda cidade do Iraque, ao grupo EI.

A ação humanitária à margem desta ofensiva poderá custar mil milhões de dólares (900 milhões de euros) e representará "a mais importante e sensível crise humanitária no mundo em 2016", preveniu Kubis.

Lusa

  • Pelo menos 250 militantes do Daesh mortos em ataque da coligação em Fallujah
    0:50

    Daesh

    Pelo menos 250 combatentes do Daesh morreram num ataque aéreo levado a cabo pela coligação liderada pelos Estados Unidos, em Fallujah, no Iraque. Os números foram avançados pelas autoridades norte-americanas. Caso se confirme, este foi um dos ataques mais mortíferos de sempre contra o grupo terrorista. O bombardeamento terá acontecido esta quarta-feira.

  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Já há destinos esgotados para o Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscoa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • As crianças que estão a morrer à fome em África

    Mundo

    A UNICEF alertou esta terça-feira que a má nutrição aguda que afeta a Nigéria, Somália, Sudão do Sul e Iémen coloca este ano em "iminente" risco de morte 1,4 milhões de crianças devido à fome que existe naqueles países. São milhares de casos de um incessante desespero numa luta diária pela sobrevivência.

  • Cães desfilam no Rio de Janeiro
    1:00

    Mundo

    O tradicional cortejo de Carnaval brasileiro só acontece daqui a uns dias, mas no Rio de Janeiro já há inúmeros desfiles pelas ruas. Na praia de Copacabana, os animais mascararam-se de humanos.