sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Três detidos nos EUA que queriam juntar-se ao Daesh

© Gaston De Cardenas / Reuters

Três homens da Florida foram detidos e acusados de pretenderem viajar para a Síria para se juntarem ao grupo radical Daesh, informaram as autoridades federais norte-americanas.

Os três detidos, residentes no condado de Palm Beach, no sul do estado da Florida, foram identificados como Gregory Hubbard, de 52 anos, Darren Arness Jackson, de 50 anos, e Dayne Atani Christian, de 31 anos, também conhecidos pelos nomes de Jibreel, Daoud e Shakur, informou o departamento do Distrito Sul da Flórida da procuradoria-geral.

Hubbard foi detido esta quinta-feira no Aeroporto Internacional de Miami, pouco antes de se preparar para apanhar um avião com destino à Alemanha, a partir de onde planeava continuar a viagem por terra até à Síria.

Os outros dois homens foram detidos no mesmo dia, Jackson também no aeroporto após transportar Hubbard, e Christian, no seu local de trabalho, segundo as autoridades.

De acordo com documentos do FBI (polícia federal), Hubbard confessou há um ano a um agente, sob disfarce, o seu interesse em viajar para a Síria para se juntar à organização extremista.

Lusa

  • 10 Minutos com Ana Catarina Mendes
    10:28

    10 Minutos

    A secretária geral adjunta do PS diz que não percebe porque é que o PSD levou tanto tempo a escolher o candidato à Câmara de Lisboa. Em entrevista no 10 Minutos da SIC Noticias, Ana Catarina Mendes considerou ainda que Pedro Passos Coelho não tem estado à altura de um líder da oposição. Quanto às legislativas, entende que o PS deve concorrer sozinho às eleições.

    Entrevista na íntegra

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.