sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Ajuda humanitária chega à periferia de Damasco e norte de Homs na Síria

© Omar Sanadiki / Reuters

Dois comboios humanitários chegaram hoje à zona da periferia de Damasco e à localidade de Al Rastan, no norte da província central síria de Homs, anunciou o Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV) em comunicado.

O CICV indicou que 12 camiões levaram alimentos e material para tratamento de água para 12 mil famílias em Yalda, Babila e Beit Sahem, numa ação organizada com o Crescente Vermelho sírio.

As equipas humanitárias pretendem também reabrir uma clínica de reabilitação para os residentes destas áreas.

Yalda, Babila e Beit Sahem ficam situadas em redor do campo de refugiados palestinianos de Al Yarmuk, a apenas cinco quilómetros do centro da capital síria, numa zona onde está presente o grupo extremista Daesh.

Estas localidades estão sob cerco das tropas governamentais desde 2013, que combatem o Exército Livro Sírio (ELS) e outras organizações como o Exército do Islão, de acordo com o grupo Siege Watch, que monitoriza os cercos na Síria.

O CICV informou que um outro comboio, com alimentos, equipamento médico, produtos de higiene e material de saneamento, entrou em Al Rastan para prestar assistência a cerca de 120 mil pessoas.

Esta operação contou com a colaboração da ONU e do Crescente Vermelho sírio.

Em Al Rastan, sob cerco governamental desde janeiro passado, residem combatentes de forças rebeldes.

Cerca de 600 mil pessoas vivem em locais cercados maioritariamente pelas forças do regime de Bashar al-Assad, de acordo com dados da ONU.

A guerra civil na Síria começou em 2011.


Lusa

  • Novas buscas no Universo Espírito Santo

    Queda do BES

    O Ministério Público voltou a fazer buscas no âmbito dos processos do Universo Espírito Santo. A SIC sabe que ontem e hoje os investigadores recolheram provas em diversos locais do continente e também na Madeira, nomeadamente em residências, empresas e entidades bancárias.

    Notícia SIC

  • Visitar a região afetada pelo fogos é uma forma de ajudar na recuperação
    3:07
  • Carvalhal do Sapo tenta recuperar a vida normal após incêndio
    2:33

    País

    As populações das aldeias de Góis tentam voltar à normalidade, ao fim de vários dias rodeadas por um grande dispositivo de operacionais. A repórter Cristina Freitas esteve hoje em Carvalhal do Sapo, onde se realizou mais um funeral de uma das vítimas do incêndio de Pedrógão Grande.

  • Falta de médicos e de ofertas de emprego preocupa habitantes da Guarda
    5:13
  • "Do ponto de vista interno a candidatura do Porto é a melhor" 
    0:50

    País

    António Costa admite que a candidatura da cidade do Porto para receber a Agência Europeia do Medicamento seria a melhor para Portugal. No entanto o primeiro-ministro diz que é preciso avaliar se a candidatura do Porto é a que tem mais hipóteses de ganhar, quando comparada com outras cidades europeias. 

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43