sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Exército egípcio mata chefe de grupo terrorista ligado ao Daesh

O Exército egípcio anunciou esta quinta-feira ter morto o chefe do grupo Ansar Beit al-Maqdess, filial do Daesh no Egipto, numa "operação especial", na Península do Sinai, onde a organização tem a sua base.

Num comunicado, as Forças Armadas identificaram o dirigente como Abou Douaa al-Ansari, que foi abatido juntamente com alguns dos seus principais assessores.

Na nota divulgada na sua página do Facebook, o Exército egípcio afirmou que as forças antiterroristas, em colaboração com a Força Aérea, levaram a cabo "um ataque preventivo", depois de receberem informações sobre al-Ansari.

As operações militares tiveram lugar em aéreas no sul e sudeste da cidade de Al Arish, capital da província do norte do Sinai, onde esta e outras organizações radicais que se tornaram fortes nos últimos anos e levam a cabo ataques contra as forças de segurança egípcias.

Ainda assim, as Forças Armadas afirmaram que destruíram armazéns de armas e de munições dos terroristas nessa zona.

Responsável por numerosos atentados no Sinai, o grupo "jihadista" Ansar Beit al-Maqdess, anteriormente ligado à Al-Qaeda, jurou fidelidade, em novembro de 2014, ao Daesh e passou a denominar-se Wilayat Sina (Provincia do Sinai).

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22