sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Dois britânicos esfaqueados em hostel de Queensland, Austrália

A polícia da Austrália está a investigar as eventuais ligações ao Daesh de um cidadão francês que esfaqueou dois britânicos, um dos quais mortalmente, enquanto gritava "Allahu akbar" - "Deus é grande" - num hostel do estado de Queensland, noticiam hoje os media locais.

O francês de 29 anos estava no país com um visto de turista.

Uma das vítimas, uma mulher de 21 anos, morreu no local, a outra está internada em estado grave. Há ainda um terceiro ferido.

As autoridades estão a investigar o caso mas acreditam que o atacante agiu sozinho.

A Austrália elevou o alerta de terrorismo para "alto" em setembro de 2014 e desde então tem vindo a evitar vários ataques planeados pelo Daesh.

As autoridades estimam em aproximadamente 200 o número de australianos que apoia ativamente o Daesh na Austrália, a somar a outros 110 envolvidos como combatentes nas fileiras do grupo extremista no Médio Oriente, dos quais quase meia centena morreu no terreno.

Com Lusa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite