sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Mais de 15 mil pessoas terão sido queimadas e largadas em valas comuns pelo Daesh

Uma investigação identificou cerca de 72 locais, na Síria e no Iraque, onde o Daesh terá queimado pessoas vítimas de atrocidades e deixado os corpos em valas comuns.

De acordo com a Associated Press, mais de 15 mil pessoas terão sido vítimas de um genocídio nos territórios conquistados pelo grupo extremista.

Os dados da investigação resultam da descoberta e análise de vários documentos, mapeamentos, escavações por parte das autoridades iraquianas e pelo relato de sobreviventes que conseguiram escapar às mãos do Daesh.

Só na Síria foram encontradas cerca de 17 valas comuns comuns com centenas de corpos. Também na região montanhosa do Iraque, refúgio do povo Yazidi, foram encontrados mais de 100 corpos numa só vala.

A Associated Press estima que, no total, sejam mais de 15 mil as vítimas do Daesh.

  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01
  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11
  • PSP descentraliza a regularização de armas
    3:55

    País

    A PSP de Bragança percorreu os 12 concelhos do distrito ao encontro dos proprietários de armas com vista à sua regularização. A iniciativa, que pretende evitar a deslocação das pessoas à capital de distrito, teve uma forte adesão.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.