sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Mais de 15 mil pessoas terão sido queimadas e largadas em valas comuns pelo Daesh

Uma investigação identificou cerca de 72 locais, na Síria e no Iraque, onde o Daesh terá queimado pessoas vítimas de atrocidades e deixado os corpos em valas comuns.

De acordo com a Associated Press, mais de 15 mil pessoas terão sido vítimas de um genocídio nos territórios conquistados pelo grupo extremista.

Os dados da investigação resultam da descoberta e análise de vários documentos, mapeamentos, escavações por parte das autoridades iraquianas e pelo relato de sobreviventes que conseguiram escapar às mãos do Daesh.

Só na Síria foram encontradas cerca de 17 valas comuns comuns com centenas de corpos. Também na região montanhosa do Iraque, refúgio do povo Yazidi, foram encontrados mais de 100 corpos numa só vala.

A Associated Press estima que, no total, sejam mais de 15 mil as vítimas do Daesh.

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Governo garante que programa de ajuda alimentar será executado em 2017
    2:56

    País

    O Governo não executou o programa europeu que, no ano passado, apoiou 400 mil portugueses e é acusado de ter desperdiçado este ano 28 milhões de euros em ajuda alimentar. O ministro do Trabalho e da Solidariedade Social, Vieira da Silva, garante que o programa será executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação.

  • Sol e calor teimam em ficar para o Natal
    1:50

    País

    Com o Natal à porta, o sol teima em ficar um pouco por todo o país. Até a norte as temperaturas estão altas para esta época do ano com o distrito do Porto a rondar os 18 graus.

  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47