sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

EUA afirmam ter matado chefe da propaganda do Daesh

O ministro da informação do Daesh, Wa'il Adil Hasan Salman al-Fayad, foi morto na semana passada num bombardeamento aéreo, indicou esta sexta-feira o porta-voz do Pentágono, Peter Cook.

O ataque, revelou o porta-voz, citado pela agência noticiosa AFP, deu-se a 7 de setembro, mas só foi comunicada esta sexta-feira a morte do chefe de propaganda do Daesh, Wa'il Adil Hasan Salman al-Fayad, também conhecido por Dr. Wa'il.

De acordo com o Pentágono, o membro do Daesh tinha "supervisionado" a produção de vídeos mostrando tortura e execuções de vários reféns, e era também um "colaborador próximo" do porta-voz do grupo jihadista, Abu Mohamed al-Adnani, morto no final de agosto.

Com Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07