sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

EUA afirmam ter matado chefe da propaganda do Daesh

O ministro da informação do Daesh, Wa'il Adil Hasan Salman al-Fayad, foi morto na semana passada num bombardeamento aéreo, indicou esta sexta-feira o porta-voz do Pentágono, Peter Cook.

O ataque, revelou o porta-voz, citado pela agência noticiosa AFP, deu-se a 7 de setembro, mas só foi comunicada esta sexta-feira a morte do chefe de propaganda do Daesh, Wa'il Adil Hasan Salman al-Fayad, também conhecido por Dr. Wa'il.

De acordo com o Pentágono, o membro do Daesh tinha "supervisionado" a produção de vídeos mostrando tortura e execuções de vários reféns, e era também um "colaborador próximo" do porta-voz do grupo jihadista, Abu Mohamed al-Adnani, morto no final de agosto.

Com Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Negociações serão difíceis e manter a unidade também
    0:32
  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor