sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Documentos descobertos na Líbia revelam dotes do Daesh a noivas

Sirte, Líbia

© Ismail Zetouni / Reuters

As forças pró-governamentais que combatem o Daesh na Líbia descobriram documentos que revelam que o grupo extremista oferece dotes fora do comum às suas noivas, incluindo metralhadoras e cintos de explosivos.

As forças aliadas do Governo de Unidade Nacional da Líbia descobriram os arquivos à medida que foram reconquistando o controlo de vários locais, incluindo de vários edifícios, na zona costeira de Sirte.

Os documentos pertenciam ao Departamento Judicial e de Queixas do grupo extremista e foram publicados na página do Facebook das forças pró-governamentais e incluem contratos de casamento e decisões de divórcio, mas não fazem referência a nomes reais e a informações pessoais.

Por exemplo, a 31 de novembro de 2015, Abu Mansour, um tunisino nascido em 1977, casou com uma nigeriana de nome Miriam, na presença de testemunhas sudanesas e malianas.

Ao contrário das normas islâmicas, Abu Mansour não pagou um dote, mas prometeu pagar uma indemnização, que era um cinto de explosivos, caso viesse a morrer ou caso o casamento acabasse.

A Fátima, da Nigéria, foi prometida uma espingarda de assalto Kalashnikov em caso de divórcio ou se o seu marido, Mali Abu Said, morresse.

O Daesh assumiu o controlo de Sirte em junho de 2015 e impôs um reino de terror, que incluía execuções em praça pública.

Os extremistas patrulhavam a cidade de Sirte para garantir que os homens cumpriam com os horários das rezas e que as mulheres não se aventuravam sozinhas nas ruas.

Com Lusa

  • Marinha e Exército dão luz verde ao Aeroporto do Montijo

    País

    De acordo com a edição deste domingo do Diário de Notícias, o Exército e a Marinha já comunicaram à Força Aérea disponibilidade para desocupar parcialmente a base aérea e o Montijo se transformar num num aeroporto complementar ao de Lisboa.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.