sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Detido mais um adolescente francês suspeito de planear ataque jihadista

Um adolescente francês de 15 anos foi detido na passada quarta-feira na zona norte da região de Paris por suspeitas de planear um ataque jihadista, divulgaram hoje fontes judiciais francesas.

O suspeito é hoje presente a um juiz especializado em casos de terrorismo para conhecer a acusação.

A detenção do adolescente aconteceu no departamento de Val d'Oise, a norte da capital francesa, indicaram as mesmas fontes, que confirmaram uma informação inicialmente avançada pela estação iTélé.

O canal de televisão revelou que este adolescente mantinha contacto, através do serviço de mensagens Telegram, com Rachid Kassim, um conhecido propagandista francês do Daesh.

Também foi apurado que o adolescente comunicava pelo menos serviço de mensagens com um outro jovem detido no passado dia 14 de setembro em Paris, também suspeito de preparar um ato de violência.

O nome de Kassim tem estado associado às várias células de jovens jihadistas que têm sido descobertas em França nos últimos meses.

Uma dessas células integrava Abdel Malik Petitjean e Adel Kermiche, dois jovens extremistas que assassinaram a 26 de julho o padre Jacques Hamel, de 84 anos, dentro de uma igreja de Saint-Etienne-du-Rouvray, na região da Normandia (norte de França).

Outros três adolescentes de 15 anos foram detidos durante as primeiras semanas de setembro em Paris e nos arredores da capital francesa.

Lusa

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • Erdogan vence eleições na Turquia que marcam a passagem para um regime presidencialista

    Mundo

    O Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, obteve nas eleições de domingo mais que os 50% de votos necessários para ser eleito à primeira volta para um novo mandato presidencial com poderes reforçados, anunciaram hoje as autoridades eleitorais. Estas eleições são particularmente importantes porque representam a passagem do sistema parlamentar até agora em vigor para um regime presidencialista, que permitirá a Erdogan aumentar consideravelmente as suas prerrogativas.

  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.

  • Líderes europeus assinalam progressos para alcançar acordo sobre migrações
    2:02