sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Autoridades espanholas detêm alegado recrutador de combatentes para o Daesh

O escalar da ofensiva em Raqqa: A cidade síria continua a ser a "capital" do Daesh. O grupo extremista está a sofrer uma dupla ofensiva na Síria e no Iraque com os curdos a conquistarem a maior população a norte de Mossul e uma aliança árabe-curda a iniciar o ataque a Raqqa. Durante a campanha de Trump, o Presidente eleito prometeu um plano secreto para acabar com o Daesh e é durante 2017 que o mundo vai descobrir até que ponto este plano vai resultar.

© Rodi Said / Reuters

A polícia espanhola deteve em San Sebastián um marroquino que alegadamente liderava uma célula que recrutava combatentes para enviar para a Síria ou Iraque, onde se juntariam ao Daesh, e que poderiam voltar à Europa para cometer atentados.

A célula extremista era composta por outros dois membros, além do detido, que após regressarem das zonas de conflito na Síria e no Iraque com intenção de cometerem atentados na Europa, foram detidos no passado mês de novembro em Marrocos e em França, informou o Ministério do Interior em comunicado.


Ambos seguiam instruções concretas e específicas do Estado Islâmico enquanto o detido em San Sebastián dirigia e controlava uma célula em Espanha.


Esta nova operação, que contou com a colaboração do Centro Nacional de Inteligência de Espanha e a Direção de Vigilância do Território de Marrocos, faz parte da estratégia de neutralização das ameaças recentemente difundidas pelo Estado Islâmico.


Desde 2015, quando o Ministério do Interior elevou para 4 o nível de alerta antiterrorista, as Forças e Corpos de Segurança detiveram 181 extremistas.

Lusa

  • Equipa da SIC impedida de entrar na Venezuela

    País

    A SIC tinha uma equipa a caminho da Venezuela para cobrir as eleições da Assembleia Constituinte que decorrem no domingo. No entanto o jornalista Luís Garriapa e o repórter de imagem Odacir Junior foram impedidos de entrar no país. A equipa de reportagem foi barrada à chegada ao aeroporto de Caracas. Num despacho enviado à companhia aérea que os transportou, tanto o jornalista como o repórter de imagem são considerados "inadmissíveis no território da Venezuela".

  • "Fomos considerados inadmissíveis no território da Venezuela"
    4:43

    País

    O jornalista Luís Garriapa entrou em direto no Jornal da Noite, para explicar o que aconteceu esta quinta-feira, no aeroporto de Caracas. A equipa de reportagem de SIC foi impedida de entrar na Venezuela, onde ia cobrir as eleições da Assembleia Constituinte, marcadas para domingo.

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25
  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • Uma viagem aérea pela aldeia histórica de Monsanto
    0:50
  • Quase três mil toneladas de plástico ameçam tartarugas no Mediterrâneo
    2:35

    Mundo

    O Mar Mediterrâneo está sob a ameaça de se tornar uma lixeira com três mil toneladas de plástico a flutuarem entre a Europa e África. Há milhões de turistas a nadarem nestas águas e há espécies marinhas que já estão em perigo. No Chipre, os cientistas estão a tentar proteger tartarugas, cuja alimentação já é quase totalmente de plástico.