sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Bastião do Daesh perto de Raqa foi palco de violentos combates

(Arquivo)

© Rodi Said / Reuters

Violentos combates decorreram esta quarta-feira entre forças que lutam contra os jihadistas e combatentes do Daesh a 20 quilómetros de Raqa, principal bastião daquele grupo radical na Síria, segundo um correspondente da agência AFP.

Desde que foi anunciada, no sábado passado, uma nova fase na ofensiva para conquistar a cidade, as Forças Democráticas Sírias, uma aliança de combatentes árabes e curdos apoiada pela coligação militar internacional liderada pelos Estados Unidos, tentam quebrar as defesas do Daesh a norte e nordeste de Raqa.

O correspondente da AFP em Bir Fawwaz, a 20 quilómetros de Raqa, deu conta de combates durante todo o dia e de disparos contra as posições do grupo 'jihadista' na aldeia vizinha de Maayzila.

"Estão a ser travados duros combates desde hoje de manhã. Muitos combatentes do Daesh estão entrincheirados em Maayzila", indicou um comandante no terreno, Ararat Kojer.

Desde o lançamento desta nova ofensiva, as Forças Democráticas assumiram o controlo de 12 aldeias da região.

"O avanço tem sido lento, dado que o Daesh oferece forte resistência e minou os arredores de várias povoações", disse Rami Abdel Rahmane, diretor do Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

A ofensiva para conquistar Raqa foi lançada a 06 de novembro do ano passado.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.