sicnot

Perfil

Daesh

"É um drama para a polícia e para o país"

"É um drama para a polícia e para o país"

O porta-voz do Ministério do Interior de França, Pierre Henry Brandet, explicou como decorreu a atuação da polícia nos momentos que se seguiram ao tiroteio em Paris.

  • "Há um reforço substancial da polícia"
    2:47

    Mundo

    Cândida Pinto está em Paris, onde falou em direto para a SIC Notícias sobre o tiroteio desta quinta-feira na capital francesa, que fez pelo menos dois mortos. A jornalista da SIC diz que há "um reforço substancial da polícia" e que várias estações de metro foram encerradas.

  • Trump fala de "novo ataque terrorista" em França
    0:26

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos afirmou esta quinta-feira que o tiroteio ocorrido esta noite nos Campos Elísios, em Paris, que provocou pelo menos dois mortos, "parece outro ataque terrorista" e enviou as suas condolências "ao povo de França"."

  • Testemunha descreve momentos de pânico em Paris
    0:38

    Mundo

    Uma testemunha do tiroteio desta quinta-feira em Paris conta os momentos de pânico vividos dentro de uma loja nos Champs-Élysées a escassos metros do local tudo aconteceu. O homem descreve o momento em que o atacante aparece com uma Kalashnikov e começou a atacar.

  • Segundo atacante de Paris terá fugido
    5:25

    Mundo

    Nuno Rogeiro esteve em direto para a SIC Notícias, onde falou sobre o tiroteio desta quinta-feira em Paris, que fez pelo menos dois mortos, um polícia e um dos atacantes. O comentador da SIC fala em dois atacantes, um abatido e o outro terá fugido. Nuno Rogeiro diz ainda que o tiroteio acontece no mesmo dia em que a França participou em duas operações, na Síria e no Iraque, que abateram dois dos principais comandantes do Daesh. Na possibilidade de ter sido um assalto, o comentador afirma que França tem alguns dos gangues "mais violentos de criminalidade organizada".

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão