Daesh

Iraque "totalmente livre" do Daesh

Soldados iraquianos celebram vitória contra o Daesh em Mossul a 10 de julho de 2017

STR

As forças armadas iraquianas e o primeiro-ministro declaram este sábado o país "totalmente livre" do Daesh. O anúncio é feito depois de as forças iraquianas terem retomado o controlo "total" da fronteira entre o Iraque e a Síria.

Numa conferência de impresna organizada pelo sindicato iraquiano dos jornalistas em Bagdade, o primeiro-ministro iraquiano Haider al-Abadi anunciou "o fim da guerra".

"As nossas forças controlam a totalidade da fronteira Iraque-Síria e por isso eu anuncio o fim da guerra contra o Daesh", cita a agência France Press.

"O nosso inimigo (...) queria aniquilar a nossa civilização mas nós ganhámos graças à nossa unidade e determinação. Vencêmo-los em pouco tempo", afirmou Abadi.

O Daesh ocupou um terço do Iraque em 2014 numa "ofensiva-relâmpago" que chegou a colocar em causa a existência do Estado do Iraque.

Ajudadas por uma coligação liderada pelos Estados Unidos, as Forças Armadas iraquianas lançaram uma contra-ofensiva para reconquistar o terreno perdido.

Primeiro-ministro iraquiano hasteia a bandeira do Iraque num dos pontos de passagem para a Síria, libertado do Daesh.

Primeiro-ministro iraquiano hasteia a bandeira do Iraque num dos pontos de passagem para a Síria, libertado do Daesh.

Osama Sami/AP

  • Da Al-Qaeda do Iraque ao Daesh

    Daesh

    Daesh é a mais recente denominação de um grupo radical islâmico (sunita) que pretende instituir um califado – um Estado dirigido por um único poder político e religioso regulamentado pela lei islâmica, a Sharia. Ainda limitado ao território conquistado à Síria e ao norte e oeste do Iraque, promete expandir-se e “quebrar as fronteiras” da Jordânia e do Líbano e “libertar” a Palestina. É liderado por Ibrahim Awad Ibrahim Ali al-Badri al-Samarrai, conhecido como Abu Bakr al-Baghdadi, desde 2010, altura em que se chamava Al-Qaeda do Iraque e depois Estado Islâmico do Iraque. Em abril de 2013 o nome do grupo foi alterado para Daesh - Estado Islâmico do Iraque e Levante (ISIL em português, ISIS em inglês), quando agrupou a Al-Qaeda do Iraque e um ramo dissidente do grupo sírio Frente al-Nusra, constituído para combater o Presidente sírio Bashar al-Assad. A designação Estado Islâmico é anunciada em Junho de 2014 com a instituição do autodenominado califado e al-Baghdadi é proclamado califa Ibrahim.