sicnot

Perfil

Eleições em Espanha

Rajoy diz que na democracia espanhola quem ganha é quem governa

Rajoy diz que na democracia espanhola quem ganha é quem governa

O primeiro-ministro espanhol diz que vai pressionar as negociações para tentar formar um governo de coligação e garante que não vai sair da liderança do partido popular. Mariano Rajoy relembra que na democracia espanhola quem ganha é quem governa e que a ambição dos socialistas em formar governo não é razoável.

  • Impasse político em Espanha
    1:50

    Eleições em Espanha

    O presidente do Governo espanhol, Mariano Rajoy, reúne-se hoje com o secretário-geral do PSOE, Pedro Sánchez. Os socialistas adiaram a análise dos resultados eleitorais e a resposta ao pacto constitucional oferecido pelo PP. A complicar a atual crise, os independentistas da Catalunha finalizaram a proposta para formar o Governo que pode declarar a independência.

  • Miguel Sousa Tavares comenta eleições em Espanha
    3:47

    Miguel Sousa Tavares

    Para o comentador da SIC Miguel Sousa Tavares "é muito difícil a situação, à Direita Rajoy não consegue uma maioria", "da Esquerda também é complicada a situação, pode haver solução se o Ciudadanos se abstivesse". Sousa Tavares sustenta que a "Espanha confirma uma tendência em toda a Europa, não há governos de um só partido". "O desnorte também tomou conta dos cidadãos, o voto dispersa-se por vários partidos", diz Sousa Tavares ao destacar também que "há um sentimento de abrandamento das políticas de austeridade".

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, até ao final de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano vão ser contratados novos assistentes de bordo, mas o sindicato diz que não chega.

  • "Um ataque e uma humilhação contra o povo catalão"
    1:35