sicnot

Perfil

Eleições em Espanha

Eleições em Espanha

Eleições em Espanha

Pedro Sánchez perde votação para ser eleito presidente do Governo de Espanha

O candidato socialista à investidura como presidente do Governo de Espanha, Pedro Sánchez, perdeu a primeira votação no Congresso dos Deputados, para a qual precisava de maioria absoluta, pelo menos 176 votos.

O socialista Pedro Sánchez falhou a eleição como presidente do governo no início do mês.

O socialista Pedro Sánchez falhou a eleição como presidente do governo no início do mês.

© Andrea Comas / Reuters

Terminada a votação, o número de votos "Não" foi de 219 - passando acima dos 176 deputados necessários na primeira votação para chumbar o nome do secretário-geral do PSOE para novo presidente do Governo espanhol.

Pedro Sánchez contou apenas com os 90 votos do grupo parlamentar socialista e os 30 do grupo do Ciudadanos (centro-direita), com o qual assinou um acordo de investidura na semana passada. Registou-se ainda uma abstenção.

O candidato socialista submete-se na sexta-feira a uma segunda votação (que apenas requer maioria simples, ou mais votos "Sim" que "Não" para passar).

No entanto, as indicações dos vários grupos ao longo das sessões de investidura deixam antever que terá as mesmas dificuldades para ser aprovado.

Lusa

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.

  • Presidente do Brasil formalmente acusado de corrupção

    Mundo

    O Procurador-Geral da República do Brasil apresentou na noite de segunda-feira ao Supremo Tribunal Federal uma denúncia contra o Presidente Michel Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) pelo crime de corrupção passiva.

  • Reconquista de Mossul ao Daesh pode estar para breve
    1:27
  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.