sicnot

Perfil

Eleições em Espanha

Podemos apela ao PSOE para que reconsidere coligação de esquerda

Podemos apela ao PSOE para que reconsidere coligação de esquerda

O partido "Podemos" vai votar contra a investidura do socialista Pedro Sanchez como presidente do Governo espanhol. Pablo Iglesias está contra o acordo do Ciudadanos e o PSOE.

O PP de Mariano Rajoy e o Podemos de Pablo Iglesias têm nas mãos o futuro político do socialista Pedro Sánchez, pois basta o seu "Não" nas votações de investidura para que o líder socialista seja chumbado no parlamento.

Prevendo um tenso debate de investidura no parlamento espanhol, o líder do PSOE queria que Mariano Rajoy aceitasse um convite do Rei Felipe VI para se apresentar a votos no Congresso. O líder do PP recusou, alegando não ter apoios suficientes para conseguir ser eleito, e Sánchez aceitou um convite semelhante feito pelo monarca.

A sessão de hoje, ao invés de evidenciar uma união de todos os grupos contra Rajoy, acabou por se traduzir em fortes ataques ao candidato socialista, porque se apresentou no Congresso sem os votos suficientes para a eleição.

O próprio disse que o fez porque alguém tinha de assumir a responsabilidade, enquanto o PP o acusou de querer apenas proteger a sua "sobrevivência política". Já o Podemos expôs as fragilidades do acordo de investidura assinado entre PSOE e Ciudadanos - que o partido de Iglesias contesta - e reafirmou que votará "não". Na segunda votação, na sexta-feira (por maioria simples), bastaria uma abstenção de qualquer um destes partidos para que Sánchez pudesse suceder a Rajoy.

Com Lusa

  • 2,1%. As reações ao défice de 2016

    Economia

    O défice orçamental ficou mesmo nos 2,1% do PIB. Os partidos já reagiram àquele que é o valor mais baixo em democracia.

  • Comboios Alfa vão ter bancos com tomadas elétricas e wi-fi
    2:06
  • Novas imagens dos momentos após Khalid Masood ter embatido no muro do Parlamento britânico
    1:35
  • Nus e acorrentados em frente a Auschwitz

    Mundo

    Catorze pessoas com idades entre os 20 e os 27 anos despiram-se e acorrentaram-se em frente ao portão de Auschwitz, antigo campo de concetração nazi na Polónia, depois de terem degolado um carneiro. Ninguém sabe ainda porquê.

  • A coleção de gerigonças de Ana Catarina Mendes
    1:51
  • Parlamento português pede demissão de Dijsselbloem

    País

    A Assembleia da República foi hoje unânime na condenação das polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, mas recusou um ponto pela rejeição de diversos compromissos com a União Europeia (UE) exigida pelo PCP.

  • Probido fumar na praia? Não-fumadores aplaudem ideia
    1:33
  • Viaduto de Alcântara condicionado
    1:36

    País

    O viaduto de Alcântara, em Lisboa, continua com o trânsito condicionado mas apenas sobre o tabuleiro e no sentido Alcântara Terra - Alcântara Mar. A circulação só será reposta depois de uma nova vistoria, ainda sem data marcada.

  • Como se resolve a falta de espaço numa cidade chinesa?
    1:07