sicnot

Perfil

Eleições em Espanha

Podemos apela ao PSOE para que reconsidere coligação de esquerda

Podemos apela ao PSOE para que reconsidere coligação de esquerda

O partido "Podemos" vai votar contra a investidura do socialista Pedro Sanchez como presidente do Governo espanhol. Pablo Iglesias está contra o acordo do Ciudadanos e o PSOE.

O PP de Mariano Rajoy e o Podemos de Pablo Iglesias têm nas mãos o futuro político do socialista Pedro Sánchez, pois basta o seu "Não" nas votações de investidura para que o líder socialista seja chumbado no parlamento.

Prevendo um tenso debate de investidura no parlamento espanhol, o líder do PSOE queria que Mariano Rajoy aceitasse um convite do Rei Felipe VI para se apresentar a votos no Congresso. O líder do PP recusou, alegando não ter apoios suficientes para conseguir ser eleito, e Sánchez aceitou um convite semelhante feito pelo monarca.

A sessão de hoje, ao invés de evidenciar uma união de todos os grupos contra Rajoy, acabou por se traduzir em fortes ataques ao candidato socialista, porque se apresentou no Congresso sem os votos suficientes para a eleição.

O próprio disse que o fez porque alguém tinha de assumir a responsabilidade, enquanto o PP o acusou de querer apenas proteger a sua "sobrevivência política". Já o Podemos expôs as fragilidades do acordo de investidura assinado entre PSOE e Ciudadanos - que o partido de Iglesias contesta - e reafirmou que votará "não". Na segunda votação, na sexta-feira (por maioria simples), bastaria uma abstenção de qualquer um destes partidos para que Sánchez pudesse suceder a Rajoy.

Com Lusa

  • O insólito cartão amarelo mostrado a Felipe

    Desporto

    Aos 53 minutos do jogo desta quarta-feira entre o Sporting e o FC Porto, a contar para a Taça de Portugal, Jorge Sousa apercebe-se que Felipe enganou-se na camisola que vestiu ao intervalo. O defesa central reentrou com a camisola de Soares. O árbitro mostrou o cartão amarelo e mandou o jogador para o banco trocar de camisola.

  • Dez feridos ligeiros em naufrágio de embarcação em Cascais

    País

    Uma embarcação de recreio com 10 pessoas a bordo naufragou ao largo da Parede, na linha de Cascais. Todos os tripulantes foram resgatados pelas autoridades marítimas e bombeiros e apresentam escoriações ligeiras e sinais de hipotermia. O barco foi entretanto retirado da água e a marginal continua cortada ao trânsito.

  • PS apresenta Lei de Bases da Habitação para abrir debate sobre habitação acessível
    1:19

    Economia

    O PS quer avançar com uma Lei de Bases da Habitação. A proposta apresentada esta quinta-feira propõe a requisição de casas devolutas para habitação e apoios concretos para o arrendamento a preços acessíveis. O líder parlamentar do PS, Carlos César, diz que é tempo de abrir um debate sobre a habitação que acredita que pode resultar numa Lei ainda na atual legislatura.

  • A morte anunciada da ETA

    Mundo

    A organização separatista basca ETA vai anunciar a sua dissolução em 05 de maio, durante uma cerimónia marcada para Bayona, no País Basco francês, disseram à agência Efe fontes conhecedoras do processo.