sicnot

Perfil

Eleições em Espanha

Eleições em Espanha

Eleições em Espanha

Rajoy mantém esforços apesar da recusa do PSOE para coligação

O presidente do governo de gestão espanhol disse hoje que vai esforçar-se para negociar o apoio de outros partidos espanhóis do centro e da direita para formar governo até ao fim do mês, após a nega do PSOE.

© Phil Noble / Reuters

Mariano Rajoy disse, em Varsóvia, que irá "fazer o maior dos esforços" para formar um governo "estável" que "dure quatro anos" e que tome posse "o mais rapidamente possível".

O Comité Federal do PSOE (Partido Socialista Operário Espanhol), reunido hoje em Madrid, decidiu que não irá facilitar a tarefa ao PP (Partido Popular, de direita) na formação do novo governo espanhol, recusando uma aliança ou, no mínimo, abster-se e deixar passar um hipotético governo minoritário de Mariano Rajoy.

O PP foi o partido mais votado nas eleições de 26 de junho, com 137 deputados, mais 14 que nas legislativas de dezembro, mas longe dos 176 mandatos que dão a maioria absoluta no congresso espanhol.

O PSOE ficou em segundo lugar, com 85 assentos (90 em dezembro), enquanto a aliança de esquerda Unidos Podemos (coligação entre partidos de esquerda radical), que as sondagens colocavam em segundo lugar, ficou em terceiro e elegeu 71 deputados, com o Ciudadanos (centro liberal) a conseguir 32 assentos.

O líder do PP e atual presidente do Governo de gestão irá manter esta semana uma série de reuniões bilaterais com todos os líderes com assento no futuro Congresso dos Deputados.

Essencial para a estratégia de Rajoy será obter o apoio dos Ciudadanos, que obtiveram 32 lugares, e que somados aos 137 do PP, asseguravam 169 deputados, um número que fica a sete deputados da maioria absoluta desejada.

Albert Rivera, líder do Ciudadanos já não veta, como dizia até há pouco, a possibilidade de Mariano Rajoy ser o próximo presidente do governo, mas aspira marcar a agenda do próximo governo com as suas propostas reformistas.

Rajoy e Rivera têm já marcada uma reunião para terça-feira em que o líder dos Ciudadanos irá apresentar as suas exigências para apoiar um governo da responsabilidade do PP.

Mariano Rajoy poderá em seguida tentar obter o apoio de alguns partidos regionais espanhóis: o CDC (Convergência Democrática da Catalunha), de direita liberal e separatista, com oito deputados, ou o PNV (Partido Nacionalista Basco), conservador, com cinco deputados.

Os membros das novas Cortes espanholas (Congresso de Deputados e Senado) tomam posse a 19 de julho.

Poucos dias depois da constituição das duas câmaras, mas sem prazo definido, o rei de Espanha, Filipe VI, iniciará as consultas com os partidos para, em seguida, fazer uma proposta de candidato a assumir a presidência do Governo.

Lusa

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC