sicnot

Perfil

Eleições em Espanha

Eleições em Espanha

Eleições em Espanha

Rajoy avisa Sanchez que impasse levará a terceiras eleições

© Susana Vera / Reuters

O líder do PP e chefe do governo espanhol, Mariano Rajoy, avisou hoje em Madrid o secretário-geral do PSOE, Pedro Sánchez, que se este continuar a recusar deixar passar a sua investidura haverá eleições pela terceira vez.

"Com o seu não mantem-se o bloqueio e isso leva-nos a terceiras eleições", disse Rajoy depois de estar reunido durante 55 minutos com Pedro Sánchez no congresso de Deputados (parlamento).

O líder do Partido Popular (PP, direita), que está a tentar obter apoios para formar governo, afirmou que irá "continuar a tentar convencer" Sánchez, e repetiu várias vezes que se isso não acontecer haverá novamente eleições.

"Creio que seria um disparate haver terceiras eleições e portanto peço que não haja bloqueio. É muito mais aquilo que nos une do que o que nos divide", disse Mariano Rajoy.

Na reunião entre os dois, Rajoy propôs a Sánchez a formação de grupos de trabalho para avançar com assuntos que considera serem "essenciais" para Espanha, como as reformas institucionais, a política económica e a elaboração do orçamento de Estado para 2017, com o objetivo de o país cumprir os compromissos europeus.

Por seu lado, o secretário-geral do Partido Socialista espanhol recusou a proposta de criação de uma "grande coligação" feita pelo líder do Partido Popular e que incluiria também o partido Ciudadanos (centro-direita).

"O PSOE não vai estar em nenhuma grande coligação. Somos a alternativa e não vamos apoiar quem queremos que mude", disse Sanchez depois do encontro com Rajoy.

O líder do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) insistiu que cabe ao chefe do governo de gestão encontrar uma solução com todos os partidos de direita e que o PSOE será a oposição.

Mariano Rajoy vai também reunir-se na quarta-feira com Albert Rivera, líder do Ciudadanos, o quarto partido mais votado nas eleições de 26 de junho.

Essas eleições realizaram-se seis meses depois das de 20 de dezembro do ano passado e de os partidos políticos espanhóis não terem conseguido chegar a um acordo sobre a formação do novo governo.

O líder do PP anunciou na sexta-feira, após um encontro com o rei, Felipe VI, que vai submeter-se no parlamento a uma votação de investidura e tentar formar governo.

O PP foi o partido mais votado nas eleições de 26 de junho, elegendo 137 deputados num total de 350, mas precisa que o PSOE e o Ciudadanos se abstenham na votação de investidura para poder formar um governo minoritário.

O PSOE ficou em segundo lugar, conquistando 85 lugares, enquanto a aliança de esquerda Unidos-Podemos ficou em terceiro, com 71 deputados. A quarta formação mais votada foi o Ciudadanos, que alcançou 32 assentos.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Incêndio num estádio em Xangai destrói parte da bancada

    Mundo

    O Estádio Hongkou da equipa chinesa Shanghai Shenhua foi atingido esta terça-feira por um incêndio que acabou por danificar parte da bancada e algumas salas no interior da infraestrutura. Para o local, foi enviada uma equipa de bombeiros que conseguiu controlar as chamas.