sicnot

Perfil

Eleições em Espanha

Eleições em Espanha

Eleições em Espanha

PSOE diz que a escolha do dia para investidura "diz muito de Rajoy"

O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) afirmou esta quinta-feira que a escolha do dia do debate para a investidura "diz muito de Mariano Rajoy" e que se este o propôs é porque conta com "o apoio das direitas".

As declarações foram feitas por fontes socialistas à agência noticiosa espanhola Efe, após o anúncio da presidente do Congresso de Deputados (câmara baixa do Parlamento espanhol), Ana Pastor, relativo ao calendário.

O debate vai começar a 30 de agosto e está prevista uma primeira votação para o dia seguinte.

Nessa votação, o candidato à investidura tem de ser eleito por uma maioria absoluta. Caso isso não aconteça, será realizada uma segunda votação 48 horas depois, no dia 02 setembro (sexta-feira), na qual o candidato tem de ser eleito por uma maioria simples.

Trata-se de datas que, como assinalou a própria Ana Pastor, foram consultadas pelo líder do Partido Popular (PP) e candidato à presidência do governo espanhol.

Com efeito, na escolha dessas datas, o PSOE vê claros sintomas de como Rajoy concebe as instituições, segundo as fontes ouvidas pela agência Efe.

Sem se referirem a umas prováveis terceiras eleições no dia de Natal -- que seria o desenlace caso este processo de investidura fracasse e todas as seguintes etapas também falhem --, os socialistas sublinham que se o líder do PP optou por essa data é porque conta com "o apoio das direitas".

"As direitas" seriam os "potenciais aliados" que dirigentes socialistas acreditam que o PP poderia ter, como se viu na composição da Mesa, quando, segundo o seu critério, se pôde observar que os populares podem chegar a acordos com Convergència, PNV e Coalición Canaria.

Os deputados destes partidos negaram, porém, ter votado após esse suposto acordo.

O secretário-geral do PSOE, Pedro Sánchez, frisou na quarta-feira em conferência de imprensa que a posição do seu partido, colegiada, aceite no Comité Federal e partilhada pela maioria dos eleitores progressistas, é votar 'não' a Rajoy na investidura.

Espanha está num impasse político desde as eleições de 20 de dezembro de 2015, repetidas a 26 de junho deste ano, mas sem que um partido saísse, de novo, com a maioria dos votos.

Lusa

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Letizia, uma rainha da nova geração
    2:01