sicnot

Perfil

Eleições em Espanha

Eleições em Espanha

Eleições em Espanha

Rajoy volta a tentar investidura na sexta-feira

O candidato do PP à presidência do Governo espanhol, Mariano Rajoy, submete-se na sexta-feira a uma nova votação no Congresso dos Deputados (parlamento) depois de esta quarta-feira não ter conseguido obter a confiança da maioria absoluta dos 350 deputados.

© Juan Medina / Reuters

O atual chefe do Governo em funções recolheu a confiança de apenas 170 deputados, tendo todos os outros, 180 deputados, votados contra, entre eles os 85 do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) e os 71 da coligação Unidos Podemos (esquerda radical).

Na votação de hoje, Mariano Rajoy precisava de obter a confiança da maioria absoluta dos deputados, 176 votos de um total de 350, enquanto na sexta-feira necessitará apenas da maioria simples da assembleia, mais votos a favor do que contra.

A tarefa de Rajoy continua a parecer praticamente impossível porque o atual chefe do Governo em funções tem apenas o apoio expresso de 170 deputados: 137 do PP (direita), 32 dos Ciudadanos (centro-direita) e um da Coligação Canárias (regional).

Para ganhar a confiança do Congresso de Deputados na votação de sexta-feira, Mariano Rajoy precisaria, assim como hoje, de obter mais seis votos, o que parece impossível, ou a abstenção de pelo menos 11 deputados.

A votação de hoje inicia um período de dois meses (até 31 de outubro) em que ainda é possível formar um novo executivo, antes da dissolução do parlamento e a convocação de novas eleições, provavelmente para o Dia de Natal, 25 de dezembro próximo.

Se isso acontecer, serão as terceiras eleições legislativas que se realizam no espaço de um ano, depois de na primeira consulta, em 20 de dezembro de 2015, e na segunda, em 26 de junho último, as quatro principais forças políticas espanholas (PP, PSOE, Unidos Podemos e Ciudadanos) não terem conseguido chegar a um acordo para formar um Governo estável em Espanha.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22