sicnot

Perfil

Eleições em Espanha

Eleições em Espanha

Eleições em Espanha

Rajoy volta a tentar investidura na sexta-feira

O candidato do PP à presidência do Governo espanhol, Mariano Rajoy, submete-se na sexta-feira a uma nova votação no Congresso dos Deputados (parlamento) depois de esta quarta-feira não ter conseguido obter a confiança da maioria absoluta dos 350 deputados.

© Juan Medina / Reuters

O atual chefe do Governo em funções recolheu a confiança de apenas 170 deputados, tendo todos os outros, 180 deputados, votados contra, entre eles os 85 do Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) e os 71 da coligação Unidos Podemos (esquerda radical).

Na votação de hoje, Mariano Rajoy precisava de obter a confiança da maioria absoluta dos deputados, 176 votos de um total de 350, enquanto na sexta-feira necessitará apenas da maioria simples da assembleia, mais votos a favor do que contra.

A tarefa de Rajoy continua a parecer praticamente impossível porque o atual chefe do Governo em funções tem apenas o apoio expresso de 170 deputados: 137 do PP (direita), 32 dos Ciudadanos (centro-direita) e um da Coligação Canárias (regional).

Para ganhar a confiança do Congresso de Deputados na votação de sexta-feira, Mariano Rajoy precisaria, assim como hoje, de obter mais seis votos, o que parece impossível, ou a abstenção de pelo menos 11 deputados.

A votação de hoje inicia um período de dois meses (até 31 de outubro) em que ainda é possível formar um novo executivo, antes da dissolução do parlamento e a convocação de novas eleições, provavelmente para o Dia de Natal, 25 de dezembro próximo.

Se isso acontecer, serão as terceiras eleições legislativas que se realizam no espaço de um ano, depois de na primeira consulta, em 20 de dezembro de 2015, e na segunda, em 26 de junho último, as quatro principais forças políticas espanholas (PP, PSOE, Unidos Podemos e Ciudadanos) não terem conseguido chegar a um acordo para formar um Governo estável em Espanha.

Lusa

  • "Não vou ceder, não vou render-me, não vou desistir da candidatura"
    2:02
  • Obama, Presidente francês?
    1:55

    Mundo

    A resposta é óbvia, mas não demoveu quatro franceses, descontentes com os candidatos às Presidenciais no seu país. A ideia começou como brincadeira, mas já recolheu 43 mil assinaturas. 

  • Trump apanhado a ensaiar no carro
    1:08
  • Mulheres democratas de branco para mostrar que não abdicam dos diretos conquistados

    Mundo

    Uma "mancha branca" sobressaiu esta terça-feira no Congresso norte-americano, durante o primeiro discurso de Donald Trump. A maioria das 66 mulheres representantes e delegadas do Partido Democrata vestiram-se de branco, num ato simbólico a fazer recordar o movimento sufragista feminino, que encorajava as apoiantes a vestirem-se de branco. Tal como então, a cor da pureza foi agora recuperada, desta feita para mostrar a Trump que as mulheres não abdicam dos direitos conquistados no início do século XX.

  • Treinador do "The Biggest Loser" teve ataque cardíaco

    Mundo

    Foi o próprio Bob Harper que partilhou a notícia no seu Instagram. O ex-treinador do famoso programa de televisão sofreu um ataque cardíaco enquanto treinava no ginásio. Esteve oito dias internado mas, felizmente, já está em casa a recuperar.

  • Prisões recebem manual para lidar com fugas
    2:07

    País

    O Governo vai fazer o maior investimento de sempre nos serviços prisionais. São 2.600 milhões de euros para reforçar a segurança nas prisões. Entretanto. já foi distribuído um manual de procedimentos em caso de fuga.