sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Sanders ultrapassa Hillary Clinton numa sondagem nacional

O senador independente do Vermont, Bernie Sanders, ultrapassou, pela primeira vez, Hillary Clinton numa sondagem nacional sobre a candidatura do Partido Democrata à Presidência dos Estados Unidos, segundo divulgou a estação de informação Fox News.

© Jim Young / Reuters

De acordo com a nova sondagem, realizada entre 15 e 17 de fevereiro com uma amostra de 429 eleitores democratas, Sanders conta com o apoio de 47% dos eleitores, enquanto a ex-secretária de Estado norte-americana reúne 44% dos votos.

Estes valores representam um crescimento de 10 pontos percentuais para o senador do Vermont em comparação com outra sondagem realizada pela Fox News entre os dias 18 e 21 de janeiro.

Já para Hillary Clinton, apontada inicialmente como a favorita à nomeação presidencial democrata e que tem liderado grande parte das sondagens, os novos números representam uma descida de cinco pontos percentuais face à sondagem de janeiro.

Esta nova sondagem da Fox News tem uma margem de erro de 4,5 pontos percentuais.

No passado dia 17 de fevereiro, uma sondagem da Universidade de Quinnipiac dava à ex-primeira-dama um apoio de 44%, contra os 42% atribuídos a Bernie Sanders.

"Uma coisa que fica clara com a nossa sondagem -- e outras -- é que Clinton está a perder apoio e que Sanders está a ganhar", disse o especialista Chris Anderson, que colaborou com a sondagem da Fox News.

Em outras três sondagens publicadas este mês, Hillary Clinton surgiu na liderança, com uma vantagem máxima de 11 pontos percentuais.

Até agora, foram realizadas duas votações das primárias democratas: no 'caucus' (assembleias locais de eleitores) do Iowa, onde Hillary Clinton venceu por uma margem muito curta, e no estado do New Hampshire, onde Bernie Sanders foi o vencedor.

Para sábado está agendada a votação democrata no 'caucus' do estado do Nevada, que representa 43 delegados, os responsáveis pela nomeação oficial do candidato presidencial durante a convenção nacional do Partido Democrata.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.