sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Sanders ultrapassa Hillary Clinton numa sondagem nacional

O senador independente do Vermont, Bernie Sanders, ultrapassou, pela primeira vez, Hillary Clinton numa sondagem nacional sobre a candidatura do Partido Democrata à Presidência dos Estados Unidos, segundo divulgou a estação de informação Fox News.

© Jim Young / Reuters

De acordo com a nova sondagem, realizada entre 15 e 17 de fevereiro com uma amostra de 429 eleitores democratas, Sanders conta com o apoio de 47% dos eleitores, enquanto a ex-secretária de Estado norte-americana reúne 44% dos votos.

Estes valores representam um crescimento de 10 pontos percentuais para o senador do Vermont em comparação com outra sondagem realizada pela Fox News entre os dias 18 e 21 de janeiro.

Já para Hillary Clinton, apontada inicialmente como a favorita à nomeação presidencial democrata e que tem liderado grande parte das sondagens, os novos números representam uma descida de cinco pontos percentuais face à sondagem de janeiro.

Esta nova sondagem da Fox News tem uma margem de erro de 4,5 pontos percentuais.

No passado dia 17 de fevereiro, uma sondagem da Universidade de Quinnipiac dava à ex-primeira-dama um apoio de 44%, contra os 42% atribuídos a Bernie Sanders.

"Uma coisa que fica clara com a nossa sondagem -- e outras -- é que Clinton está a perder apoio e que Sanders está a ganhar", disse o especialista Chris Anderson, que colaborou com a sondagem da Fox News.

Em outras três sondagens publicadas este mês, Hillary Clinton surgiu na liderança, com uma vantagem máxima de 11 pontos percentuais.

Até agora, foram realizadas duas votações das primárias democratas: no 'caucus' (assembleias locais de eleitores) do Iowa, onde Hillary Clinton venceu por uma margem muito curta, e no estado do New Hampshire, onde Bernie Sanders foi o vencedor.

Para sábado está agendada a votação democrata no 'caucus' do estado do Nevada, que representa 43 delegados, os responsáveis pela nomeação oficial do candidato presidencial durante a convenção nacional do Partido Democrata.

Lusa

  • Encontrados destroços do avião que caiu no Irão

    Mundo

    As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

  • 2,6 milhões de bebés morrem antes de completar um mês

    Mundo

    Os recém-nascidos no Paquistão, República Centro-Africana e Afeganistão são os que têm menor probabilidade de sobreviver, de acordo com um relatório da Unicef que revela que todos os anos 2,6 milhões de crianças morrem antes de completar um mês. Sobretudo nos países mais pobres do mundo, o número de mortes de recém-nascidos a nível global mantém-se assustadoramente elevado.

  • Galp regista lucro de 602 M€ em 2017 

    Economia

    A Galp registou um lucro de 602 milhões de euros no ano passado. Uma subida de 25 por cento em relação a 2016. De acordo com a empresa, os resultados devem-se sobretudo ao aumento da produção de petróleo e gás natural no Brasil, bem como o crescimento dos negócios da refinação e distribuição.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC