sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Sanders com rendimentos muito inferiores aos de Clinton

O aspirante à nomeação do Partido Democrata para as eleições presidenciais dos Estados Unidos, Bernie Sanders, publicou na sexta-feira a sua declaração de rendimentos, cujos valores são muito inferiores ao da sua rival Hillary Clinton.

© Javier Galeano / Reuters

Em 2014, ano a que se refere a declaração, o senador por Vermont recebeu 205.271 dólares (181.906 euros) e pagou, com a sua mulher, Jane, 13,5% em impostos federais, ou seja, 27.653 dólares (24.505 euros).

Os números são muito inferiores aos relativos à sua rival na contenda democrata, Hillary Clinton, que, com o seu marido, o ex-presidente norte-americano Bill Clinton, teve receitas durante os últimos oito anos de cerca de 140 milhões de dólares (124 milhões de euros).

Sanders, autoproclamado socialista democrático, tornou as desigualdades económicas no seu principal 'cavalo de batalha' na campanha, e criticou, por inúmeras vezes, as ligações próximas de Clinton ao setor financeiro de Wall Street e por ter cobrado elevadas maquias para proferir discursos pagos para os bancos mais poderosos do país.

Os pré-candidatos presidenciais democratas travaram na quinta-feira o mais duro e intenso debate dos nove em que participaram no âmbito da corrida à Casa Branca.

O debate, transmitido pela CNN e pelo canal NY1, foi o último antes das primárias no estado de Nova Iorque, na próxima terça-feira, consideradas chave no processo de escolha dos candidatos democrata e republicano nas eleições presidenciais de novembro.

Lusa

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.