sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Donald Trump anuncia visita a Israel "em breve"

O candidato republicano à presidência dos Estados Unidos Donald Trump anunciou que vai visitar Israel "em breve", numa entrevista ao jornal israelita Hayom publicada hoje.

reuters

"Sim, virei em breve", disse Trump, sem dar pormenores, quando questionado sobre se previa visitar Israel.

Donald Trump tinha agendado uma visita a Israel no final de dezembro, mas adiou a viagem dias antes devido à polémica que suscitou ao afirmar que proibiria a entrada de muçulmanos nos Estados Unidos.

Na altura, escreveu na sua conta no Twitter: "Decidi adiar a minha visita a Israel e agendar a reunião com [o primeiro-ministro israelita, Benjamin] Netanyahu para uma data posterior, quando já for presidente dos Estados Unidos".

Na entrevista hoje publicada, Trump voltou a criticar o presidente norte-americano, Barack Obama, pelo acordo assinado em julho com o Irão, ao qual Netanyahu se opõe declaradamente.

"A atual ameaça contra Israel é mais importante do que nunca" devido à política do "presidente Obama" em relação ao Irão e ao acordo nuclear", disse o candidato à nomeação republicana.

"Acho que o povo de Israel sofreu muito por causa de Obama", acrescentou.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.