sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Donald Trump diz que a sua fortuna ultrapassa os 10 mil milhões de dólares

O candidato republicano à nomeação republicana para as presidenciais norte-americanas Donald Trump voltou a afirmar na terça-feira que a sua fortuna "excede 10 mil milhões de dólares", mais do dobro das estimativas independentes.

Trump International Hotel and Tower, Chicago.

Trump International Hotel and Tower, Chicago.

© Jim Young / Reuters

Num comunicado, o empresário milionário de Nova Iorque disse ter entregado a sua declaração financeira pessoal à Comissão Federal Eleitoral (FEC), um documento que todos os candidatos a eleições federais nos Estados Unidos devem apresentar e que enumera as empresas em que desempenham funções ou têm interesses, respetivos ativos e dívidas.

A Comissão não divulgou até ao momento o documento, conhecido pelo acrónimo PFD ("Personal Financial Disclosure"), mas deve fazê-lo nos próximos 30 dias.

A campanha de Trump anunciou que o património líquido do candidato aumentou desde a última declaração apresentada, em julho, e "excede os 10 mil milhões de dólares" (cerca de 8,9 mil milhões de euros).

"Entreguei o meu PFD que, orgulho-me de o dizer, é o maior na história da FEC", afirmou Donald Trump no comunicado.

"Construí uma empresa incrível e acumulei um dos maiores portefólios de ativos imobiliários, muitos dos quais são considerados das mais bonitas e icónicas propriedades do mundo. É deste tipo de pensamento que o país precisa", acrescentou.

Na declaração entregue em julho, um mês depois de lançar a candidatura à nomeação pelo Partido Republicano, Trump indicava ter participações em mais de 500 empresas e organizações e 168 fontes de rendimento.

Investigadores da revista Forbes avaliaram em 2015 a fortuna de Trump em quatro mil milhões de dólares (3,5 mil milhões de euros), destacando que o milionário tinha perdido uma série de negócios depois de ofender milhões ao afirmar que os mexicanos são "violadores e traficantes de droga".

A declaração em causa é diferente da declaração de rendimentos que os candidatos à presidência dos Estados Unidos tradicionalmente divulgam por iniciativa própria.

Donald Trump tem recusado divulgar a sua declaração de impostos enquanto não forem suspensas as investigações fiscais de que é alvo, o que lhe tem valido críticas não apenas dos candidatos democratas como também do ex-candidato republicano Mitt Romney, que acusou Trump de querer esconder qualquer coisa.

Lusa

  • Bruno de Carvalho suspenso por mais 90 dias

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, foi suspenso por 90 dias na sequência de declarações proferidas numa entrevista televisiva em março, anunciou esta terça-feira o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

  • Benfica critica castigo de Samaris e vai recorrer

    Desporto

    O Benfica reagiu esta terça-feira ao castigo de três jogos aplicado ao grego Andreas Samaris, considerando que a decisão, da qual vai recorrer, é prova de que o futebol português está "entregue à instabilidade, à incoerência e à insegurança".

  • "Álvaro" viveu seis anos de maus tratos num casamento de oito
    5:06
  • Governo disposto a ceder a algumas reivindicações dos enfermeiros
    1:58

    Economia

    Os enfermeiros ameaçam voltar à greve se o Governo não lhes der um subsídio no valor de 400 euros. Esta terça-feira o Governo esteve reunido com dois dos quatro sindicatos. O Ministério diz estar disposto a ceder a algumas reivindicações, mas o ministro da Saúde fez saber que o aumento de 400 euros é incomportável. 

  • Como fazer fotos e vídeos menos tremidos
    8:43
  • "As autárquicas deviam estar menos contaminadas pelo Orçamento"
    7:55
  • Viajar a 110 km/h agarrado ao para-brisas de um comboio

    Mundo

    Um homem de 23 anos foi detido por viajar preso a um comboio - mais concretamente ao limpa para-brisas -, que atinge velocidades perto dos 110 quilómetros por hora, numa viagem entre as estações de Leederville e Glendalough, na Austrália.

  • Rapper quer provar que a terra é plana

    Mundo

    O rapper B.o.B. lançou uma campanha na plataforma GoFundMe para enviar satélites que possam comprovar que a Terra é redonda e azul. No ano passado, o norte-americano defendeu nas redes sociais que o planeta é plano.