sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Confrontos voltam a marcar comício de Donald Trump

Milhares de apoiantes e opositores de Donald Trump confrontaram-se na sexta-feira na Califórnia, durante dois discursos do aspirante a candidato republicano às presidenciais dos Estados Unidos, tendo sido detidas pelo menos 13 pessoas.

Novos incidentes entre apoiantes e opositores de Donald Trump na Califórnia

Novos incidentes entre apoiantes e opositores de Donald Trump na Califórnia

© Jonathan Alcorn / Reuters

Um porta-voz da polícia disse à AFP que 12 pessoas foram detidas em San Diego, no sudoeste dos Estados Unidos.

Outra pessoa foi detida em Fresno, no centro da Califórnia.

Segundo a imprensa local, o discurso de Donald Trump em San Diego, cidade situada na fronteira com o México, foi interrompido brevemente por manifestantes que foram expulsos do centro de convenções onde decorria o evento.

No exterior, grupos a favor e contra Trump foram separados pela polícia de choque, depois de se envolverem em escaramuças.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.