sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Divulgados novos documentos incriminatórios da "Universidade Trump"

Documentos judiciais recém-divulgados no caso contra a "Universidade" do pré-candidato presidencial norte-americano Donald Trump revelam acusações de ex-empregados de que a empresa agora extinta enganava os consumidores com marketing agressivo e fraudulento.

© Carlo Allegri / Reuters

As revelações mais danosas são as de antigos funcionários a instituição com fins lucrativos fundada em 2004 e encerrada em 2010, desencadeando processos judiciais que poderão arrastar o presumível candidato presidencial republicano para tribunal.

"Enquanto a Universidade Trump declarava querer ajudar os consumidores a ganhar dinheiro no setor imobiliário, de facto a Universidade Trump apenas estava interessada em vender a toda a gente os seminários mais caros que pudesse", disse o ex-funcionário daquela instituição Ronald Schnackenberg num depoimento escrito hoje revelado.

A empresa oferecia vários cursos de empreendedorismo sob a famosa marca Trump.

Mas Schnackenberg, antigo diretor comercial da empresa, descreveu como se despediu em 2007 depois de descobrir que "a conduta da Universidade Trump era enganosa, fraudulenta e desonesta", fazendo eco dos argumentos apresentados por ex-alunos queixosos que alegam ter sido enganados.

Outro ex-empregado, Jason Nicholas, reconheceu ao testemunhar que os seminários eram lecionados por "pessoas sem qualificações que se apresentavam como braços-direitos de Donald Trump".

Nicholas declarou que aqueles formadores "ensinavam métodos eticamente incorretos e que tinham pouca ou nenhuma experiência de apresentação de propriedades e de concretização de verdadeiros negócios imobiliários".

"Era uma fachada, uma mentira total", asseverou.

O tribunal também desclassificou manuais internos da empresa, os chamados "playbooks", onde se encontravam em pormenor as técnicas de marketing e vendas para orientar os futuros estudantes para os cursos e programas mais caros, que atingiam preços como 35.000 dólares (31.270 euros) por supostamente revelarem os segredos de Trump para gerar riqueza.

Lusa

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC