sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Barack Obama dá apoio oficial a Hillary Clinton

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deu hoje o apoio oficial a Hillary Clinton como virtual candidata dos democratas à Casa Branca nas eleições presidenciais de 08 de novembro.

© Handout . / Reuters

"Não creio que tenha havido alguém mais qualificado para ocupar este posto (de presidente)" como Hillary Clinton, disse Obama num vídeo divulgado pela Casa Branca, em que afirmou também estar "com ela".

Após meses a evitar pronunciar-se sobre as primárias do Partido Democrata e depois de um encontro, hoje, com o maior rival de Hillary Clinton, o candidato Bernie Sanders, o presidente norte-americano felicitou-a por "ter feito história".

"Honrada por o ter comigo. Estou entusiasmada e pronta para partir", respondeu imediatamente a antiga secretária de Estado norte-americana no Twitter.

A equipa de Hillary Clinton já adiantou, entretanto, que Obama irá estar presente na próxima quarta-feira numa ação de campanha da candidata dos democratas a realizar em Green Bay, no estado do Wisconsin.

Determinado em tudo fazer para que um candidato democrata lhe suceda na Casa Branca em 2017, Obama está há vários dias a tentar assegurar que os apoiantes do partido defendam Hillary Clinton nas eleições de novembro próximo.

"Dezenas de milhões de norte-americanos fizeram ouvir a sua voz. Hoje, apenas quero acrescentar a minha", disse Obama no vídeo, lembrando ter acompanhado e visto as opiniões, dureza e empenho nos valores que os democratas defendem por parte de Hillary Clinton.

Antes de o vídeo ser divulgado, Obama recebeu Sanders na Sala Oval, numa tentativa de sarar as feridas criadas pela divisão democrata na campanha das primárias.

Após o encontro com Obama, o candidato esquerdista dos democratas escusou-se a falar sobre se vai abandonar a corrida à Casa Branca, mas garantiu que vai encontrar-se, em breve, com Hillary Clinton, para unir o Partido Democrata no combate a Donald Trump.

Ao promover a reunião, o objetivo de Obama foi "mediar" as divergências entre Hillary e Saunders, a quem pediu para reconhecer a antiga chefe da diplomacia como a nomeada dos democratas para as presidenciais de novembro.

"Penso que Bernie Saunders trouxe enorme energia e novas ideias. Penso que isso mesmo fez de Hillary Clinton uma melhor candidata", afirmou quarta-feira o presidente norte-americano.

Após quase oito anos na Casa Branca, Obama continua a ser um dos políticos mais populares do país.

A aprovação entre as comunidades afro-americana e hispânica, bem como a popularidade de que goza entre a juventude e os liberais é grande.

Nas primárias dos democratas há oito anos, Obama chegou a insultar Hillary Clinton durante a campanha e derrotou-a, tornando-se o primeiro presidente afro-americano da história dos Estados Unidos.

Antes das presidenciais, porém, os dois fizeram as pazes e Obama premiou-a com secretária de Estado (chefe da diplomacia norte-americana).

Nas presidenciais de novembro próximo, Hillary Clinton vai defrontar o empresário milionário Donald Trump, que chocou o mundo ao tornar-se, há já alguns meses, o nomeado dos republicanos na corrida à Casa Branca.

Lusa

  • Bernie Sanders agradece a imparcialidade de Obama
    0:26

    Eleições EUA 2016

    Bernie Sanders encontrou-se hoje com o Presidente dos Estados Unidos da América, na Casa Branca. O candidato agradeceu a Barack Obama pela imparcialidade nas primárias democratas. Sobre as eleições, Sanders garantiu que vai trabalhar com Hillary Clinton para derrotar Donald Trump nas presidenciais norte-americanas.

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57

    País

    Tondela foi um dos municípios mais atingidos pelo incêndio, deixando dezenas de animais feridos e perdidos no concelho. Várias clínicas veterinárias são agora um porto de abrigo e, em alguns casos, um ponto de encontro. Muitos dos animais chegaram recolhidos por voluntários e a maior parte dos casos são animais que, no momento de aflição, foram soltos pelos donos e salvos pelo instituto de sobrevivência.

  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31