sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Barack Obama dá apoio oficial a Hillary Clinton

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deu hoje o apoio oficial a Hillary Clinton como virtual candidata dos democratas à Casa Branca nas eleições presidenciais de 08 de novembro.

© Handout . / Reuters

"Não creio que tenha havido alguém mais qualificado para ocupar este posto (de presidente)" como Hillary Clinton, disse Obama num vídeo divulgado pela Casa Branca, em que afirmou também estar "com ela".

Após meses a evitar pronunciar-se sobre as primárias do Partido Democrata e depois de um encontro, hoje, com o maior rival de Hillary Clinton, o candidato Bernie Sanders, o presidente norte-americano felicitou-a por "ter feito história".

"Honrada por o ter comigo. Estou entusiasmada e pronta para partir", respondeu imediatamente a antiga secretária de Estado norte-americana no Twitter.

A equipa de Hillary Clinton já adiantou, entretanto, que Obama irá estar presente na próxima quarta-feira numa ação de campanha da candidata dos democratas a realizar em Green Bay, no estado do Wisconsin.

Determinado em tudo fazer para que um candidato democrata lhe suceda na Casa Branca em 2017, Obama está há vários dias a tentar assegurar que os apoiantes do partido defendam Hillary Clinton nas eleições de novembro próximo.

"Dezenas de milhões de norte-americanos fizeram ouvir a sua voz. Hoje, apenas quero acrescentar a minha", disse Obama no vídeo, lembrando ter acompanhado e visto as opiniões, dureza e empenho nos valores que os democratas defendem por parte de Hillary Clinton.

Antes de o vídeo ser divulgado, Obama recebeu Sanders na Sala Oval, numa tentativa de sarar as feridas criadas pela divisão democrata na campanha das primárias.

Após o encontro com Obama, o candidato esquerdista dos democratas escusou-se a falar sobre se vai abandonar a corrida à Casa Branca, mas garantiu que vai encontrar-se, em breve, com Hillary Clinton, para unir o Partido Democrata no combate a Donald Trump.

Ao promover a reunião, o objetivo de Obama foi "mediar" as divergências entre Hillary e Saunders, a quem pediu para reconhecer a antiga chefe da diplomacia como a nomeada dos democratas para as presidenciais de novembro.

"Penso que Bernie Saunders trouxe enorme energia e novas ideias. Penso que isso mesmo fez de Hillary Clinton uma melhor candidata", afirmou quarta-feira o presidente norte-americano.

Após quase oito anos na Casa Branca, Obama continua a ser um dos políticos mais populares do país.

A aprovação entre as comunidades afro-americana e hispânica, bem como a popularidade de que goza entre a juventude e os liberais é grande.

Nas primárias dos democratas há oito anos, Obama chegou a insultar Hillary Clinton durante a campanha e derrotou-a, tornando-se o primeiro presidente afro-americano da história dos Estados Unidos.

Antes das presidenciais, porém, os dois fizeram as pazes e Obama premiou-a com secretária de Estado (chefe da diplomacia norte-americana).

Nas presidenciais de novembro próximo, Hillary Clinton vai defrontar o empresário milionário Donald Trump, que chocou o mundo ao tornar-se, há já alguns meses, o nomeado dos republicanos na corrida à Casa Branca.

Lusa

  • Bernie Sanders agradece a imparcialidade de Obama
    0:26

    Eleições EUA 2016

    Bernie Sanders encontrou-se hoje com o Presidente dos Estados Unidos da América, na Casa Branca. O candidato agradeceu a Barack Obama pela imparcialidade nas primárias democratas. Sobre as eleições, Sanders garantiu que vai trabalhar com Hillary Clinton para derrotar Donald Trump nas presidenciais norte-americanas.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.