sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Obama entra na campanha de Hillary Clinton a 5 de julho

O Presidente norte-americano Barack Obama vai participar pela primeira vez na campanha da potencial candidata presidencial democrata Hillary Clinton a 05 de julho no estado da Carolina do Norte, anunciou hoje a equipa da ex-secretária de Estado.

© Carlos Barria / Reuters

"Em Charlotte, o Presidente Obama e Hillary Clinton vão falar sobre como construir [o futuro] com base nos progressos alcançados e da sua visão para uma América que é mais forte quando está unida", disse a equipa da campanha da ex-senadora e ex-primeira-dama, num comunicado.

Será a primeira vez que Obama e Hillary Clinton estarão juntos numa ação de campanha para as eleições presidenciais deste ano.

Inicialmente, os dois representantes tinham agendado uma ação conjunta para 15 de junho, mas foi adiada depois do tiroteio numa discoteca gay em Orlando (Florida), que fez dezenas de mortos e de feridos.

Obama anunciou o apoio oficial a Hillary Clinton, a sua rival nas primárias democratas de 2008, no passado dia 09 de junho.

"Não creio que tenha havido alguém mais qualificado para ocupar este posto (de Presidente)" como Hillary Clinton, disse então Obama num vídeo divulgado pela Casa Branca, em que afirmou também estar "com ela".

Após meses a evitar pronunciar-se sobre as primárias do Partido Democrata e depois de um encontro com o rival direto de Hillary Clinton, o candidato Bernie Sanders, o presidente norte-americano felicitou-a na mesma ocasião por "ter feito história".

Aos 68 anos, a antiga chefe da diplomacia norte-americana no primeiro mandato presidencial de Obama (2009-2013) tem um lugar reservado na história dos Estados Unidos, ao ser a primeira mulher que consegue reunir os apoios suficientes para ser a candidata presidencial de um grande partido.

Hillary Clinton foi a candidata mais votada das primárias democratas, ao vencer 34 escrutínios que representam mais de 15,8 milhões de votos.

A ex-primeira-dama entra na convenção nacional do Partido Democrata em Filadélfia (Pensilvânia), agendada para 25 a 28 de julho, com a indigitação garantida para as eleições presidenciais de 08 de novembro.

Lusa

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.