sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Clinton diz que juntamente com Sanders vai vencer as presidenciais

A virtual aspirante democrata à presidência dos EUA, Hillary Clinton, assegurou hoje que em conjunto com o senador Bernie Sanders, seu rival nas eleições primárias, vencerá o candidato Donald Trump e construirá "o futuro dos Estados Unidos".

© Brian Snyder / Reuters

Após receber o apoio oficial do senador no seu primeiro ato de campanha conjunto em Portsmouth (Estado de New Hampshire), Clinton agradeceu o apoio de Sanders e reconheceu o seu empenho na campanha ao "criar um movimento que conseguiu motivar os mais jovens do país a envolverem-se na vida política".

"Obrigado por ter lutado desde sempre contra a injustiça", disse a antiga secretária de Estado, que assegurou aos apoiantes de Sanders que "terão sempre um lugar na sua mesa" quando se tornar inquilina da Casa Branca.

"A todos vós, que puseram os seus corações e as suas almas na campanha do senador Sanders, obrigado", reiterou Clinton, que insistiu na importância da campanha de Sanders nos últimos meses.

A ex-secretária de Estado revelou ainda que, durante as últimas semanas, trabalhou com Sanders em projetos "para permitir que a universidade esteja ao alcance de mais pessoas" e para que "todos nos Estados Unidos tenham acesso a bons e exequíveis serviços de saúde".

"E agora, com a sua ajuda, unimos as forças para derrotar Donald Trump, ganhar em novembro, e sim, juntos, construir um futuro em que todos possamos acreditar", acrescentou entre aplausos.

"Tal como disse Bernie, com os anos, conheci-o como um colega e um amigo. A fama da suas apaixonadas posições nem sempre o tornaram na pessoa mais popular em Washington, mas isso é geralmente uma prova de que estás a fazer algo de bem", acrescentou a ex-secretária de Estado.

Sanders, representante da corrente socialista de esquerda e que obteve mais de 12 milhões de votos nas eleições internas do Partido Democrático, pressionou fortemente para um programa político do partido mais social, em defesa das classes trabalhadoras e dos mais fracos, e apenas passado mais de um mês admitiu a sua derrota perante Clinton.

Lusa

  • Sanders promete fazer tudo para que Hillary seja a próxima Presidente dos EUA
    0:28

    Eleições EUA 2016

    O pré-candidato democrata Bernie Sanders desistiu da corrida presidencial norte-americana e declarou apoio a Hillary Clinton. O anúncio foi feito pelo senador de 74 anos num comício no estado de New Hampshire. Hillary Clinton, ex-secretária de Estado, é agora a única candidata do Partido Democrata às eleições presidenciais de 8 de novembro e à sucessão de Barack Obama. Na reacção a esta desistência, Donald Trump, presumível candidato Republicano à Casa Branca, acusa Sanders de pertencer a um sistema político viciado.

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

    Em desenvolvimento

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.