sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Família de Pavarotti protesta contra uso de ária na campanha eleitoral de Trump

A família do falecido tenor Luciano Pavarotti pediu hoje ao candidato presidencial republicano Donald Trump para não utilizar a ária de Giacomo Puccini "Nessun Dorma" na sua campanha eleitoral.

"Nós gostaríamos de relembrar os valores da fraternidade e solidariedade que Luciano Pavarotti expressou durante toda a sua carreira artística que são totalmente incompatíveis com a visão do mundo expressa pelo candidato Donald Trump", diz a família num comunicado.

"Nessun Dorma" tornou-se na ária mais conhecida de Luciano Pavarotti, onde a palavra "Vincero" ('Eu vou ganhar'), tem sido tocada frequentemente nos comícios do candidato presidencial dos Estados Unidos.

A banda de rock Queen, os Rolling Stones, Adele, Aerosmith e Neil Young também protestaram pelo uso das suas músicas na campanha eleitoral de Trump.

Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".