sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Antigo líder do KKK adorou o discurso de Trump

David Duke em 1978, com o traje do KKK

AP

David Duke, antigo congressista norte-americano e outrora Grand Wizard do Ku Klux Klan, movimento nacionalista pela supremacia branca, manifestou o seu apoio a Donald Trump, após o discurso da consagração do candidato republicano à Casa Branca.

"Grande discurso de Trump" ou "eu não teria dito melhor", escreveu David Duke esta madrugada no Twitter, homem conhecido por outras citações como "o nosso objetivo é o avanço da raça branca".

Horas antes, Duke também questionava na rede social se "a diversidade racial está a enriquecer ou a danificar o nosso tecido social".

O apoio de David Duke a Donald Trump vem desde o anúncio da candidatura e já foi motivo de embaraço quando, numa entrevista à CNN, Trump hesitou em condenar o antigo líder do KKK e o movimento racista.

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.