sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

"É um dia histórico que demorou a chegar"

"É um dia histórico que demorou a chegar"

No segundo dia da convenção democrata americana Hillary Clinton tornou-se na primeira mulher a candidatar-se a presidente dos Estados Unidos da América. Luís Costa Ribas diz que este "é um dia histórico mas que demorou a chegar". O correspondente da SIC diz que esta eleição foi muito disputada e que deixou algum mau ambiente dentro do partido democrático.

  • Trump quase venceu o dia 1 da Convenção Democrata

    Opinião

    Michelle Obama: “Por causa de Hillary as minhas filhas acreditam que uma mulher pode ser Presidente”. Bernie Sanders: “Orgulho-me de estar ao seu lado. Com base nas suas ideias e liderança Hillary Clinton tem de ser a próxima Presidente dos EUA”.

  • Trump critica atitude de Hillary em relação aos veteranos de guerra
    0:32

    Mundo

    Donald Trump promete que se for eleito Presidente dos Estados Unidos os veteranos de guerra vão deixar de esperar vários dias para serem atendidos por um médico. Num discurso na Associação de Veteranos, o candidato republicano atacou Hillary Clinton, que tinha discursado no mesmo palco no dia anterior e acabou por receber o apoio de alguns veteranos presentes.

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.