sicnot

Perfil

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

Eleições EUA 2016

De Niro compara Trump a personagem que fez em "Taxi Driver"

O ator norte-americano Robert De Niro comparou Donald Trump à personagem mentalmente instável que interpretou no icónico filme "Taxi Driver" (1976), considerando o candidato republicano às presidenciais norte-americanas "totalmente louco".

© Dado Ruvic / Reuters

O ator, premiado com dois Oscares, fez os comentários no Festival de Cinema de Sarajevo, que começou na sexta-feira com a exibição do clássico de Martin Scorsese, remasterizado digitalmente para o seu 40.º aniversário.

Em "Taxi Driver", De Niro - há muito um apoiante dos democratas - interpreta Travis Bickle, um veterano da guerra do Vietname que conduz um táxi em Nova Iorque e que sucumbe lentamente à paranoia e esquizofrenia.

"O que é significativo para mim é esta ironia de no final ele (Travis) estar a conduzir novamente o seu táxi e... congratulamo-nos. O que é de alguma forma, de um modo estranho, pertinente também hoje", comentou o ator numa conversa pública à margem do festival, do qual é convidado de honra.

Fazendo a ligação com a corrida presidencial norte-americana, De Niro disse que Trump, como Bickle, está onde não devia estar.

"Não sei, é uma loucura, mas pessoas como Donald Trump (...) nem deveriam estar onde ele está, por isso, Deus nos ajude", adiantou.

"Penso que as pessoas agora estão a começar a rejeitá-lo", disse, adiantando: "Os media deram-lhe toda esta atenção e finalmente estão a começar a dizer: 'Vá lá Donald, isto é ridículo, isto é uma loucura'. (...) Porque o que ele tem dito é realmente completamente louco, coisas ridículas ... completamente loucas".

Trump tem vindo a descer nas sondagens e está sob crescente pressão, mesmo entre os republicanos, pela sua aparente incapacidade de parar de fazer afirmações controversas e observações extemporâneas.

No início da semana, Trump acusou o Presidente Barack Obama de ser o "fundador" do grupo extremista Estado Islâmico e a sua rival democrata, Hillary Clinton, de ser "cofundadora". Depois de manter as declarações por diversas vezes, sugeriu na sexta-feira que estava a ser sarcástico.

Lusa

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23

    Mundo

    Cerca de 1.4 milhões de crianças estão em risco iminente de morrer à fome. Deste modo, a UNICEF faz um apelo urgente de cerca de 230 milhões de euros para levar nos próximos meses comida, água e serviços médicos a estas crianças. As imagens desta reportagem podem impressionar os espectadores mais sensíveis.

  • Vídeo amador mostra destruição na Síria
    1:04

    Mundo

    A guerra na Síria continua a fazer vítimas mortais. Um vídeo amador divulgado esta segunda-feira mostra o estado de uma localidade a este de Damasco, depois de um ataque aéreo no fim-de-semana. No ataque, 16 pessoas morreram e há várias dezenas de feridos.

  • Partidos querem eleições a 1 de outubro
    1:35
  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32
  • Homem que esfaqueou mulher em Esmoriz é acusado de homicídio qualificado
    1:24

    País

    O homem que no sábado esfaqueou a mulher em Esmoriz está acusado de homicídio qualificado. O arguido de 50 anos foi ouvido esta segunda-feira pelo juiz de instrução e ficou em prisão preventiva, uma medida fundamentada pelo perigo de fuga e de alarme. O homem remeteu-se ao silêncio durante o interrogatório, no Tribunal de Aveiro.

  • Homem condenado a oito anos e meio por abuso sexual da mãe
    1:10

    País

    O Tribunal de Coimbra condenou esta segunda-feira um homem de 53 anos a oito anos e meio de prisão por abuso sexual da mãe e ainda por crimes de roubo e coação. A mãe, de 70 anos, sofria de problemas nervosos e consumia bebidas alcoólicas com frequência, tendo sido vítima de abuso sexual por parte do filho enquanto dormia. Os crimes cometidos remetem para o início de 2016, depois do homem já ter cumprido outras penas de prisão em Espanha.

  • Jovem de 21 anos morre colhida por comboio na linha da Beira Baixa
    0:43

    País

    Uma jovem de 21 anos morreu esta segunda-feira ao ser atropelada pelo comboio Intercidades à saída da estação de Castelo Branco, na linha da Beira Baixa. A vítima foi colhida pelo comboio que seguia no sentido Lisboa-Covilhã ao atravessar a linha de caminho de ferro. Este é um local onde não existe passagem de nível, mas habitualmente muitas pessoas arriscam fazer a travessia da linha.

  • Banco do Metro com pénis gera polémica no México

    Mundo

    Um banco em formato de homem com o pénis exposto, numa das carruagens de Metro da Cidade do México, está a gerar polémica. A iniciativa integra uma campanha contra o assédio sexual de que as mulheres são vítima no país.